Doação a campanha eleitoral precisa ser informada no IR

Jéssica Alves - 13/08/2018 07:49


Os candidatos que participarão das eleições 2018 vão sair às ruas para pedir votos a partir da próxima quinta-feira. Com a campanha batendo à porta, os eleitores que quiserem fazer alguma doação a partidos ou candidatos - sobretudo este ano, com a facilidade das vaquinhas virtuais -, devem prestar contas ao Fisco e estar atentos para não cair em fraudes ou na malha fina do Imposto de Renda (IR) a ser declarado no ano que vem.

O eleitor pode doar até 10% dos rendimentos brutos que obteve no ano passado, mas há ainda um teto de R$ 1.064,10 por dia no financiamento coletivo. Os dados devem ser informados na ficha de "Doações a Partidos Políticos, Comitês Financeiros e Candidatos a cargos efetivos" no programa de declaração do IR 2019.

O teto da doação é o limite de quanto o candidato pode gastar. Cada campanha para presidente da República pode gastar até R$ 70 milhões e mais R$ 35 milhões em caso de segundo turno. Para candidatos a deputado federal, o limite é de R$ 2,5 milhões; para estadual, de R$ 1 milhão.

Um dos erros mais comuns do contribuinte na declaração, e que pode até levá-lo à malha fina, é deduzir o valor doado para a campanha ou partido a fim de pagar menos imposto ou ter uma restituição maior, diz o advogado Diogo Figueiredo, sócio do escritório Schneider Pugliese. As doações a campanhas não são dedutíveis - o contribuinte só pode destinar o IR devido à Receita Federal para doações desde que elas sejam feitas a entidades e fundos ligados ao governo.

Cristiano Vilela, sócio do escritório Vilela, Silva Gomes & Miranda Advogados, conta que outro equívoco comum é o de se confundir e informar o número de inscrição do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) do partido, quando deveria apontar o CNPJ da campanha. Também deve-se informar o nome do candidato ou partido político destinatário das doações, além d o valor doado. Vilela aconselha o eleitor a fazer sempre doações por meio de transferências bancárias e nunca em dinheiro vivo, para não correr risco de cair em fraudes.

Denúncias

Para comunicar a Justiça sobre eventuais irregularidades, os eleitores podem utilizar o aplicativo Pardal, que permite que as denúncias sejam enviadas por meio de texto, imagens ou vídeos. Os conteúdos são encaminhados ao Ministério Público Eleitoral, que decide se aciona ou não o Judiciário.

Por ser a primeira eleição geral em que doações de empresas para campanhas políticas estão proibidas, especialistas apontam que, embora tímida, a participação de pessoas em doações deve ser maior do que anos anteriores. Além das doações, os candidatos ainda podem utilizar recursos do fundo eleitoral e do fundo partidário.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Grandes teles querem mais espaço na disputa

A maior preocupação das grandes teles - Claro, Vivo, TIM e Oi - em relação ao 5G está na quantidade de espectro que poderão obter no leilão. Para que...

07/12/2019 08:42
Marfrig confirma oferta subsequente de ações que pode somar R$ 3,3 bi

A Marfrig fará uma oferta subsequente de ações (follow on) que poderá chegar em R$ 3,3 bilhões, considerando o preço do fechamento de ontem (R$11,10),...

07/12/2019 08:40
Canal entre Bolsonaro e Trump é ficção, diz Rubens Ricupero

No início da semana, o presidente Jair Bolsonaro foi surpreendido por uma mensagem publicada pelo colega dos Estados Unidos, Donald Trump, no Twitter....

07/12/2019 08:16

Últimas Notícias

Cidades

Prefeitura executa desassoreamento em córregos da cidade

A Prefeitura de Guarulhos, por meio da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A), vem executando o serviço de desassoreamento em...

07/12/2019 08:21

Variedades

Praça da Biblioteca Monteiro Lobato ganha presépio

A partir desta sexta-feira, 06/12, quem passar em frente à Biblioteca Monteiro Lobato, no Centro, vai notar com encanto a beleza do...

06/12/2019 19:03

Cidades

Defesa Civil recebe selo Lixo Zero por aderir a atitudes sustentáveis

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) recebeu o selo Lixo Zero nesta sexta-feira, 06/12, em reconhecimento...

06/12/2019 18:44