Athletico-PR derrota o River e sai na frente na briga pelo título da Recopa

por Guarulhosweb - 22/05/2019 23:45


O Athletico-PR venceu o River Plate, por 1 a 0, nesta quarta-feira à noite, na Arena da Baixada, em Curitiba, no jogo de ida da final da Recopa Sul-Americana. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Marco Ruben. O jogo da volta será no dia 30 (quinta-feira), no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires.

O Athletico-PR, atual campeão da Copa Sul-Americana, só precisa de um empate diante do campeão da Copa Libertadores para conquistar seu segundo título internacional.

O time paranaense começou em cima do River. Com 11 segundos, Lucho González já forçou Armani a fazer uma boa defesa. Em três minutos, cada equipe havia finalizado duas vezes. O time argentino não se intimidou e também assustou o goleiro Santos por intermédio do uruguaio De La Cruz.

Com o passar do tempo, o Athletico-PR passou a ficar mais tempo com a posse de bola. O time do técnico Tiago Nunes teve paciência para trocar passes e encontrar espaços na zaga argentina. Na velocidade de Nikão e Rony, a equipe paranaense levou perigo aos argentinos.

Aos 26 minutos, o Athletico abriu o placar, após bela jogada. Pela esquerda, Renan Lodi recebeu a bola de Bruno Guimarães, cruzou para Rony, que girou rápido e rolou dentro da pequena área para Marco Ruben, muito oportunista, tocar para o gol.

O destaque da primeira etapa foi a boa marcação da zaga athleticana, liderada por Paulo André, que praticamente não deu chance para a dupla de ataque do River, formada por Suárez e Pratto.

A vantagem poderia ter sido maior para o Athletico, se Marco Ruben tivesse acertado outra finalização, aos 30 minutos, após nova jogada pelo lado esquerdo.

Apesar de uma decisão Brasil x Argentina, a primeira confusão só surgiu aos 47 minutos, após Lucas Martínez cometer por falta em Marco Ruben. O argentino levou cartão amarelo e os times foram para o vestiário.

A postura do River foi diferente no início do segundo tempo. Os argentinos foram ao ataque e deixaram espaços para o Athletico buscar os contra-ataques. Aos dez minutos, Renan Lodi forçou Armani a fazer grande defesa. Na sequência, em cobrança de falta, o goleiro argentino voltou a aparecer bem.

As oportunidades do time brasileiro diminuíram o entusiasmo argentino. Gallardo percebeu e trocou Mayada por Angileri, um lateral mais ofensivo. Mas quem chamou a atenção foi Renan Lodi. O lateral-esquerdo, com grande presença no ataque, fez o meia De La Cruz voltar ao campo do River para ajudar na marcação.

O domínio de bola e a boa troca de passes fez a torcida do Athletico gritar "olé" com 19 minutos. Mas De La Cruz fez as arquibancadas ficarem em silêncio, após quase empatar de cabeça.

O Athletico devolveu com um belo chute de Nikão, que passou por cima da meta de Armani. O clima continuou quente na Baixada. O River concentrou suas jogadas pela esquerda e passou a pressionar em busca do gol de empate. Aos 30 minutos, o colombiano Borré substituiu o omisso Suárez.

Uma possível intenção de o River atacar intensamente o Athletico foi contida com a expulsão de Casco, que agrediu Rony antes de uma cobrança de escanteio. Com um jogador a mais, os paranaenses quase fizeram o segundo gol. Madson perdeu grande chance.

Tiago Nunes demonstrou ousadia, ao trocar Wellington por Thonny Anderson. O River não se entregou e ainda teve uma chance em falta cavada por Pratto, que Ignacio Fernández bateu para boa defesa de Santos. Nikão devolveu da mesma forma, mas com mais perigo. Vitória justa do Athletico.

FICHA TÉCNICA:

ATHLETICO-PR 1 x 0 RIVER PLATE

ATHLETICO-PR - Santos; Jonathan (Madson), Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Lucho González (Léo Cittadini), Wellington (Thonny Anderson), Bruno Guimarães e Nikão; Marco Ruben e Rony. Técnico: Tiago Nunes.

RIVER PLATE - Armani; Mayada (Angileri), Lucas Martínez, Pinola e Casco; Enzo Pérez, Palacios (Zuculini), De La Cruz e Ignacio Fernández; Matías Suárez (Borré) e Lucas Pratto. Técnico: Marcelo Gallardo.

GOL - Marco Ruben, aos 26 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Lucas Martínez, Matías Suárez, Paulo André e Angileri.

CARTÃO VERMELHO - Casco.

ÁRBITRO - Wilmar Roldán (COL).

RENDA e PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Vice-campeão do US Open, Medvedev vence outra e fará semifinal em São Petersburgo

Atual vice-campeão do US Open, o tenista russo Daniil Medvedev manteve o seu bom momento ao vencer o seu compatriota Andrei Rublev por 2 sets a 0, com...

20/09/2019 22:48
Oswaldo confirma time do Flu e critica convocações de Allan e Caio Henrique

O técnico Oswaldo de Oliveira, do Fluminense, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Pedro Antonio, no Rio, onde conversou sobre uma...

20/09/2019 21:14
Vagner Love discorda das críticas a Carille: Temos identidade de se defender

Depois do protesto dos torcedores em frente ao CT, Vagner Love concedeu entrevista nesta sexta-feira no Corinthians e disse que a cobrança começa entre...

20/09/2019 20:33

Últimas Notícias

Policial

Bandidos invadem Proguaru no Cabuçu, roubam máquinas, caminhão e depredam equipamentos

O Centro Operacional Cabuçu da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A), localizado na avenida Benjamin Harris Hunicutt, foi...

20/09/2019 20:02

Política

Divulgado edital de licitação da reforma do novo prédio da Câmara

A Câmara de Guarulhos divulgou nesta sexta-feira, 20/09, o edital de licitação para contratar a empresa responsável pela...

20/09/2019 18:25

Esportes

Projeto Adote uma Quadra conquista seu primeiro parceiro

No próximo domingo, 22/09, será assinado o primeiro termo de cooperação do projeto Adote uma Quadra, da Prefeitura de...

20/09/2019 18:01