Sábado, 11 de Julho de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

CASO CIDADE MAIA: Um mês após o crime, polícia ainda aguarda laudos da perícia

Por Redação GuarulhosWeb

06 de Junho de 2019

A morte do casal Juliane Ferrazoli, de 28 anos, e Fábio Lopes Idalgo, de 39, completa um mês nesta quinta-feira, 6/06. Uma perícia detalhada foi realizada no apartamento onde o crime ocorreu, no condomínio Cidade Maia, no Jardim Flor da Montanha, além de exames específicos realizados pelo Instituto Médico Legal. Os resultados, ainda sem data para conclusão, devem ajudar a polícia a solucionar o que ocorreu naquela madrugada. 
 
O caso está sendo investigado pelo Setor de Homicídios de Guarulhos. Uma das linhas de investigação seria o homicídio de Juliane, seguido de suicídio, ambos cometidos por Fábio. Amigos e familiares do casal, contaram à polícia que Fábio passava por um quadro de depressão, após a morte da mãe, três meses antes do crime no condomínio. 
 
Entenda o caso
No dia 6 de maio, vizinhos do casal encontraram o corpo do vendedor e personal trainer Fábio Lopes, na área de lazer do edifício. Moradores teriam flagrado o momento que Fábio escalava o prédio e teria se jogado. No corredor do apartamento, a filha do casal foi encontrada dormindo. Dentro do apartamento, na varanda, estava Juliana Ferrazoli, encontrada com ferimentos provocados por uma faca, além de um corte na tela de segurança.