PSL acusa de quebra de decoro deputado do PSOL que ofendeu Moro

Luiz Vassallo e Fausto Macedo - 11/07/2019 21:10


O presidente do PSL, Luciano Bivar, entrou com representação à Mesa Diretora da Câmara Federal por suposta quebra de decoro contra Glauber Braga (PSOL), por chamar o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, de "juiz ladrão", enquanto prestava esclarecimentos sobre mensagens atribuídas a ele e à força-tarefa da Operação Lava Jato Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

A sessão, que durou mais de 7 horas, no dia 2, foi encerrada após a fala de Braga. "O senhor vai estar sim nos livros de História como um juiz que se corrompeu, como um juiz ladrão. A população brasileira não vai aceitar como fato consumido um juiz ladrão e corrompido que ganhou uma recompensa por fazer com que a democracia brasileira fosse atingida. É o que o senhor é: um juiz que se corrompeu. Um juiz corrupto. O mais corrupto da história do Brasil", disse.

A declaração causou protestos de parlamentares da base aliada, que interpelaram o deputado do PSOL e, aos gritos, começaram a ofendê-lo.

Além da "ofensa a um membro do alto escalão do governo", o PSL afirma haver "a inexistência de situação de troca mútua de agressões, a denotar má fé no emprego das palavras, na tentativa de desestabilizar o oponente político, desferindo autêntico golpe-baixo".

Defesa

O deputado Glauber Braga (PSOL/RJ) disse que considera que a representação do PSL "não vai ser recepcionada pelo Conselho de Ética (da Câmara)".

"Mas se for (recepcionada) eu vou utilizar de todas as prerrogativas para naquele espaço comprovar aquilo que já disse, inclusive utilizando as oito testemunhas a que tenho direito. Vai ser a comprovação de que Moro é um juiz ladrão. Eu não retiro uma palavra do que eu disse na Comissão de Constituição e Justiça."

Glauber questionou uma frase a ele atribuída na audiência de 2 de julho na CCJ. "Na minha fala eu não disse Moro é o mais corrupto da história, eu não proferi essas palavras. Como não saiu da minha boca é importante deixar claro isso. Mas não retiro ter dito Moro é um juiz ladrão."

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Correção: Voluntários retiram grandes resíduos, mas poluição persistirá por anos

O texto foi atualizado nesta terça-feira, 22, para corrigir o nome da bióloga entrevistada, que se chama Yana Lopes, e não Yana Costa, como publicado...

22/10/2019 14:14
59% das estradas federais estão em situação ruim, regular ou péssima, mostra CNT

A Confederação Nacional dos Transportes (CNT) divulgou nesta terça-feira, 22, a sua Pesquisa CNT de Rodovias 2019, que avalia toda a malha federal...

22/10/2019 13:55
PF faz buscas contra incendiários que combinam por aplicativos ataques à floresta

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira, 22, em Novo Progresso, no Pará, a Operação Pacto de Fogo que visa colher novas provas em...

22/10/2019 13:43

Últimas Notícias

Cinema

RESENHA GWEB - Disney perde a mão com "Malévola: Dona do Mal"

Há um quê de mágico em tudo o que a Disney cria. Seja em seus parques temáticos ou produções para o cinema e...

22/10/2019 14:45

Policial

Turista americano briga no Aeroporto de Guarulhos e morre dias depois, no HGG

A Polícia Civil investiga a morte do norte-americano Matthew Alan Tremmel, de 35 anos, que teria sido espancado quando tentava embarcar para os...

22/10/2019 14:24

Policial

Operação contra jogos de azar identifica irregularidades em Guarulhos

Agentes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) e da Polícia Militar realizaram uma...

22/10/2019 13:32