Terça Feira, 07 de Abril de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Técnico diz que Flamengo teria mais chances de avançar na Copinha contra Operário-PR

"Nível da nossa equipe está mais próxima do Operário, além do que, jogaríamos com a nossa torcida e no nosso campo", disse Laruccia

Por Redação GuarulhosWeb

13 de Janeiro de 2020


O Flamengo saiu da Copinha após ser goleado por 5 a 0 pelo São Paulo, na noite do último domingo, 12/01, em São Bernardo, pela segunda fase do torneio. A equipe guarulhense enfrentou o atual campeão por ter terminado na segunda colocação do Grupo 30 da competição. Mas a história seria diferente se o Corvo não tivesse sofrido um gol do Santa Cruz, aos 45 minutos do segundo tempo, no último jogo da primeira fase. Ao ser derrotado por 2 a 1 pelo time pernambucano, o Rubro-Negro perdeu a liderança da chave e entrou na rota do Tricolor do Morumbi. 


Para o técnico flamenguista Raphael Laruccia, se o Flamengo terminasse como primeiro de sua chave e enfrentasse o Operário-PR, segundo colocado do grupo do São Paulo, o Corvo teria mais chances de avançar na Copinha. "Com certeza nossas chances seriam maiores! Apesar de o Operário se tratar de um clube da 1ª divisão do futebol paranaense e da 2ª divisão do Campeonato Brasileiro, o nível da nossa equipe está mais próxima do Operário, além do que, jogaríamos com a nossa torcida e no nosso campo [Antônio Soares de Oliveira]", destacou o treinador, que lamentou o revés diante do Santa Cruz. 


"Infelizmente, na última rodada da 1ª fase, tínhamos alguns atletas lesionados e outro com um risco eminente de lesão, caso fosse exposto a um jogo naquele momento. Portanto, tivemos que fazer três trocas na equipe que iniciou o duelo. Além disto, houve as circunstâncias da própria partida, que nos levaram a jogar o 2º tempo inteiro com um atleta a menos", recordou. 


São Paulo

Sobre a goleada sofrida no 1º de Maio, Laruccia disse que o placar foi justo e que mostra a diferença de estrutura entre o São Paulo e o Flamengo. "Pelo que foi o jogo, o placar não foi exagerado. Infelizmente fomos muito abaixo do nível que vínhamos apresentando ao longo da temporada e, contra um time do porte do São Paulo, não podemos nos permitir estar abaixo. O São Paulo está muito à frente do Flamengo. A comparação se torna até injusta, pois trata-se de um dos maiores clubes do Brasil, com uma das maiores torcidas, investimentos altíssimos, enfim, são realidades muito distintas", avaliou o técnico. 


Para Laruccia, muitos fatores fizeram com que o Flamengo tivesse uma queda rendimento. "É difícil saber ao certo, mas podemos citar a inexperiência de alguns atletas que, pela 1ª vez, jogaram uma partida desta proporção e a ansiedade em poder mostrar para o Brasil inteiro um bom trabalho. De uma forma geral, podemos entender que algumas questões emocionais contribuem muito para este tipo de situação", opinou.


Apesar da eliminação pelo placar elástico, o treinador afirmou que o balanço da Copinha é positivo. "Pelo segundo ano consecutivo, conseguimos classificar a equipe à segunda fase da competição, colocando o Flamengo em evidência no cenário nacional", analisou Laruccia. 


Crédito da foto: Reprodução/Redes Sociais