Bônus equivale a 16 meses de salário de professor em MT

por Guarulhosweb - 22/07/2019 11:01


Os conselheiros do Tribunal de Contas de Mato Grosso recebem todo ano uma verba para comprar livros. Em janeiro, o valor do "vale-livro" foi reajustado para R$ 70,9 mil. Não é preciso comprovar a compra de obras técnicas. O dinheiro cai na conta em duas parcelas. O montante atual equivale a 16 salários de um professor remunerado pelo piso estadual. O Tribunal diz que a finalidade é "aperfeiçoar" os "serviços" e "produtos entregues pelos membros do órgão à sociedade".

Além do "vale-livro", os conselheiros de Mato Grosso recebem R$ 64,3 mil todo mês, quase o dobro do teto constitucional. Esse pagamento inclui um subsídio de R$ 35.462,22, uma gratificação por desempenho de função de R$ 3.831,10, um auxílio-alimentação de R$ 1.150 e um "cotão" para o exercício da atividade de controle externo de R$ 23.873,16 mil. Os valores entram integralmente na conta dos conselheiros.

Auditora aposentada do Tribunal de Contas da União, Elda Mariza Valim diz que o Tribunal de Contas de Mato Grosso faz pagamentos "ilegais". Ela preside o Observatório Social de Mato Grosso, uma entidade que fiscaliza os órgãos no Estado. "É o melhor de dois mundos. Ora se aplica a isonomia com o Legislativo, ora com o Judiciário, no que interessa, criando um regime híbrido incompatível com a Constituição."

Em 2018, o Tribunal deixou de cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, extrapolando as contas em R$ 4 milhões. A assessoria do tribunal diz que todas as verbas estão de acordo com as constituições Federal e Estadual. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

MEC afirma que vai não vai renovar contrato com entidade que gera TV Escola

O Ministério da Educação (MEC) informou nesta sexta-feira, 13, que não renovará o contrato com a Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto...

13/12/2019 13:30
PF investiga fraudes e propinas de R$ 900 milhões em obras do esgoto no Paraná

A Polícia Federal (PF) desencadeou na manhã desta sexta-feira, 13, a Operação Águas Claras, para investigar supostas fraudes em licitações de obras de...

13/12/2019 13:09
Ricardo Galvão é escolhido uma das dez personalidades da ciência pela Nature

O físico Ricardo Galvão, ex-diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que protagonizou o principal embate entre a ciência e o...

13/12/2019 13:03

Últimas Notícias

Policial

Deic prende seis envolvidos em roubos de carga

A Polícia Civil deteve, nesta quinta-feira, 13/12, seis pessoas envolvidas em roubo de cargas. As prisões foram realizadas, após...

13/12/2019 13:50

Policial

Dise Guarulhos apreende drogas, arma, munições e anotações do tráfico de drogas em Cumbica

Após dois meses de investigações a Divisão de Investigação Sobre Entorpecentes Guarulhos (DISE) deteve na...

13/12/2019 13:00

Cidades

Ação social realiza 310 atendimentos na semana do aniversário de Guarulhos

Um total de 310 atendimentos, sendo 160 de depilação e 150 de manicure, foram realizados gratuitamente...

13/12/2019 12:30