Ministério diz que julgamentos na Justiça Federal são mais rápidos

Amanda Pupo - 22/07/2019 11:21


Os defensores da mudanças aprovada na Reforma da Previdência, que tira da Justiça Estadual o poder de analisar processos contra o INSS, dizem que houve uma interiorização da Justiça Federal. "Passados 30 anos, a Justiça Federal foi interiorizada, não faz mais sentido que permaneça na Estadual", disse o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Fernando Mendes.

Ele defende que a Justiça Federal absorva essa competência por entender que cabe "naturalmente" a esse ramo do Judiciário processar causas contra o INSS, já que a autarquia é da União.

Mendes observa que, apesar de não estar em todas as cidades do interior, a mudança não vai prejudicar o cidadão por alguns motivos. Um deles é o fato de a Justiça federal estar presente eletronicamente - ou seja, o cidadão não precisa apresentar fisicamente uma ação, podendo fazer isso pela internet.

A existência de postos de atendimento, por outro lado, auxiliaria o segurado nos casos em que é necessário realizar exames periciais. "Isso se resolve muito de acordo com cada região. Em algumas, onde não há vara federal, há postos de atendimento", explica Mendes.

O Ministério da Economia tem o mesmo entendimento. Procurada, a pasta destacou que a Justiça Federal possui alto grau de informatização dos processos, observando que as audiências podem ser feitas por videoconferência e que a realização das perícias médicas poderá ser feita mediante a nomeação de perito na cidade do segurado.

Outro ponto destacado pelo ministério são dados do CNJ indicando que, em média, uma ação na Justiça Estadual leva 7 anos e 5 meses para que o "cidadão tenha satisfeito o direito pretendido". Caso haja recurso, esse tempo pode alcançar mais de 10 anos. Já nos juizados especiais federais, " a satisfação do segurado ocorre, em média, com 1 ano e 6 meses, alcançando apenas a média de 3 anos quando há apresentação de recurso", disse a pasta. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

BC chinês injeta US$ 42,6 bilhões via linha de crédito de médio prazo

O Banco Central da China, conhecido como PBoC, informou nesta sexta-feira que injetou 300 bilhões de yuans (US$ 42,6 bilhões) no sistema bancário do...

06/12/2019 04:55
Produção industrial alemã sofre queda inesperada de 1,7% em outubro

A produção industrial da Alemanha sofreu uma acentuada queda de 1,7% em outubro ante setembro, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pela...

06/12/2019 04:20
Bolsas de NY fecham em leve alta, com negociações EUA-China e Trump em foco

As bolsas de Nova York oscilaram entre perdas e ganhos, ao longo do pregão desta quinta-feira, 5, com foco nos sinais sobre a evolução do diálogo entre...

05/12/2019 19:07

Últimas Notícias

Cidades

Audiência entre a Prefeitura e o Sindicato dos Médicos de São Paulo termina sem conciliação

O TRT determinou multa de R$ 100 mil ao Sindicato caso não haja o cumprimento da presença de 70% de médicos em cada unidade de...

05/12/2019 18:35

Cidades

Prefeitura executa serviços de zeladoria por toda a cidade

O trabalho das equipes da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A) não parou nesta quinta-feira, 05/12. Atendendo...

05/12/2019 17:37

Cidades

Sabesp realiza intervenção emergencial em dois bairros de Guarulhos

 A Sabesp informa quenesta quinta-feira, 05/12, uma intervenção emergencial no sistema de distribuição em Guarulhos...

05/12/2019 17:12