Sexta Feira, 03 de Abril de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

RESENHA GWEB – Novo “Bad Boys” tem personalidade própria e nostalgia sem exageros

Se você espera por algo original, não é aqui que vai encontrar. Ao contrário: o ar de “velhos amigos que se reencontram” é o mote para este filme funcionar, com o extraordinário bônus de cenas de ação muito bem dirigidas

Por Denis Le Senechal Klimiuc, especial para o GuarulhosWeb

30 de Janeiro de 2020 as 09:53

Há uma onda de nostalgia no cinema difícil de se opor. Se há poucos anos os filmes de herói eram a desculpa para discussões sobre falta de criatividade, hoje em dia a quantidade de velhas novidades domina as telonas, trazendo boas e nem tão boas surpresas. Desta vez, uma surpresa agradável chega aos cinemas: “Bad Boys para Sempre”.

 

Continuação dos dois longas, que agora completam 25 e 17 anos, respectivamente, esta é a terceira história de Mike Lowery (Will Smith) e Marcus Burnett (Martin Lawrence), que continuam suas vidas normalmente, como se a história de ambos realmente tivesse continuado nesse hiato entre o último filme e este. Assim, para o espectador que já os conhece, é a velha e boa sensação de familiaridade que domina a telona, como um amigo que há muito tempo não o via e que, agora, se reencontram.

 

A premissa é simples: Mike e Marcus precisam lidar com o líder de um cartel em Miami, o que gera mais uma missão para os divertidos policiais, que agora contam com uma equipe para ajudá-los. É claro que nem tudo sai como parece e, com os novatos em ação, os veteranos sentem o peso da idade chegando, tanto que as dores corporais muitas vezes os dão as caretas que transformam diversas cenas em alívio cômico.

 

Aliás, contando com música-tema dos outros filmes, é justamente no carisma de Smith e Lawrence que está toda a estrutura deste filme. Talentosos comediantes, ambos seguram suas cenas na medida certa para tornar os diversos momentos de ação o entremeado perfeito às cenas cômicas. E o filme acerta em ambos os lados, sendo saudosista sem exageros, pois não se trata apenas de um apelo nostálgico, mas sim da construção de um filme que tem personalidade própria.

 

Se você espera por algo original, não é aqui que vai encontrar. Ao contrário: o ar de “velhos amigos que se reencontram” é o mote para este filme funcionar, com o extraordinário bônus de cenas de ação muito bem dirigidas. Por isso, chegou a hora de rever os policiais Bad Boys que tanto fizeram sucesso nos anos 1990 e curtir o lado bom dessa gigantesca onda de nostalgia. Aqui, pelo menos, o resultado é positivo.

 

Opinião Gweb

Nota do filme (de 0 a 5): 4

Recomendado? Sim. Dentro da gigantesca onda de nostalgia que toma conta do cinema, este é um dos bons exemplos de que ela funciona.

Onde assistir: Circuito Cinemas - Shopping Bonsucesso (Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, 5308 - Jardim Albertina)

 

Serviço

Bad Boys para Sempre

Ano: 2020

País: EUA

Duração: 124min

Direção: Bilall Fallah e Adil El Arbi

Classificação: 16 anos