Azul começará a voar ponte aérea SP-RJ dia 29 de agosto

Letícia Fucuchima - 12/08/2019 18:50


O presidente da Azul, John Rodgerson, anunciou nesta segunda-feira que a companhia começará a operar no dia 29 de agosto a ponte aérea entre os aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ), com tarifas iniciais de R$ 99 por trecho. Em setembro, a Azul será a única empresa a voar nessa rota, mesmo com a pista principal do Santos Dumont fechada para reforma, já que seus E-Jets estão habilitados para pousar na pista auxiliar do terminal.

Serão 34 slots - 15 herdados da Avianca Brasil e 19 realocados de voos de Porto Alegre e Curitiba -, o equivalente a 17 voos por dia, um a cada 50 minutos. A partir de outubro, a ideia da empresa é operar a rota com os A320Neo.

Em conferência para anunciar a entrada da empresa na ponte aérea, Rodgerson destacou a intenção da Azul de aumentar sua participação em Congonhas. De acordo com ele, ainda não há uma definição da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) sobre a certificação das companhias MAP e Passaredo, que também ficaram com slots da Avianca Brasil, para operarem no aeroporto paulistano. Novamente, a companhia insistiu na tese de que os ATRs de MAP e Passaredo não deveriam ser utilizados na pista principal de Congonhas. "O melhor uso desses ativos é na pista auxiliar", afirmou o presidente da Azul.

Como o aeroporto de Congonhas é congestionado, criou-se uma exigência de velocidade mínima de aproximação final (120 nós) para as aeronaves que operarem no terminal nos horários de pico de movimentação, entre 7h e 9h e 18h e 21h. No mercado, existe uma dúvida sobre se os ATRs poderiam atingir esse requisito operacional. A Anac deve receber os documentos técnicos da MAP e Passaredo que comprovam o cumprimento dessas exigências, para que as empresas possam manter seus slots herdados da Avianca Brasil (14 para a Passaredo e 12 para a MAP).

O executivo disse ainda não ter "medo" de MAP e Passaredo em Congonhas, e avaliou que a entrada dessas empresas será benéfica ao consumidor. "Mas queremos que operem na pista auxiliar", ponderou.

Mais cedo, o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, mostrou que a Anac recebeu um estudo da própria fabricante ATR avaliando os impactos ao fluxo aéreo caso elas sejam autorizadas a utilizar a pista principal de Congonhas. Segundo fontes, a conclusão da fabricante é de que não haveria prejuízo: embora os ATRs demorem nove segundos a mais na aproximação final se comparados aos jatos maiores, após o pouso eles "ganham" de 10 a 20 segundos, por conseguirem sair da pista de Congonhas mais rapidamente.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Bolsa fecha em leve baixa, a 110.977,23 pontos, após série de máximas históricas

Após três fechamentos em nível recorde e cinco sessões de ganhos consecutivos, o Ibovespa fez uma pausa neste pregão, encerrando o dia em leve baixa de...

09/12/2019 18:37
Juros fecham estáveis, com mercado à espera de decisões de política monetária

A exemplo da etapa matutina, os juros futuros oscilaram majoritariamente ao redor dos ajustes anteriores ao longo da tarde desta segunda-feira, 9,...

09/12/2019 18:37
Dólar tem sexta queda seguida e recua para R$ 4,12, menor nível em um mês

O dólar teve a sexta queda consecutiva e fechou a segunda-feira no menor nível em 30 dias, cotado em R$ 4,1293, em baixa de 0,42%. O câmbio teve dois...

09/12/2019 18:33

Últimas Notícias

Cidades

Última edição de 2019 do programa Você na Prefeitura acontece neste sábado no Cabuçu

A EPG Vereador Faustino Ramalho, localizada no Cabuçu, recebe no próximo sábado (14) a última edição do...

09/12/2019 18:52

Cidades

Projeto de lei pode viabilizar a construção da Arena Multiuso de Guarulhos

A Prefeitura de Guarulhos enviou à Câmara Municipal, na última quinta-feira (5), o projeto de lei 3.821/2019, que autoriza a...

09/12/2019 18:09

Cidades

Mais de 10 mil pessoas celebram os 459 anos de Guarulhos em grande festa no Bosque Maia

Árvore de Natal iluminada, cantata, apresentações musicais, concerto de estreia da Gru Sinfônica e celebração...

09/12/2019 18:06