Maia defende amenizar projeto de Bolsonaro sobre posse e porte de armas

Felipe Cordeiro - 14/08/2019 10:07


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta terça-feira, 13, amenizar o projeto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sobre a regulamentação da posse e do porte de armas. Maia afirmou que o ideal é um texto que respeite o pensamento médio da sociedade brasileira sobre o tema. "Não vamos nem do caminho do excesso, nem do caminho do nada, e vamos votar também sobre a posse rural estendida", disse.

A pedido do presidente da Câmara, a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), aceitou retirar a urgência constitucional do projeto. O democrata argumentou que a urgência tranca o andamento das pautas do plenário.

Maia prometeu votar urgência regimental para o projeto, que permite a concessão de porte de armas de fogo para novas categorias por decreto presidencial, além das previstas no Estatuto do Desarmamento.

No primeiro semestre, o governo revogou o decreto que flexibilizava o porte de armas e apresentou a proposta com urgência constitucional para tratar do assunto.

Para o presidente da Câmara, devem ser mantidas as restrições atuais para posse e porte, retirar o poder discricionário da Polícia Federal para concessão da posse e fazer uma proposta de recadastramento.

Maia quer votar a proposta até a semana que vem, incluindo a questão da posse estendida aprovada em junho pelo Senado. O texto aprovado pelos senadores permite que os proprietários de imóveis rurais tenham arma de fogo em toda a propriedade e não apenas na sede, como previsto na legislação atual, e fixa em 21 anos a idade mínima para aquisição de armas na área rural.

O democrata também quer discutir as regras para colecionadores, atiradores desportivos e caçadores (CACs), previstas em projeto do deputado Alexandre Leite (DEM-SP).

"Acho que o texto proposto pelo deputado Alexandre Leite é melhor, é mais ameno do que foi encaminhado pelo governo e garante a essa categoria uma regra em lei, e pacifica esse tema", explicou.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Três PMs são afastados após ação que resultou em morte em Heliópolis

Três policiais militares envolvidos na ação que resultou em uma morte em Heliópolis, na zona sul de São Paulo, no domingo, 1º, foram afastados. A...

07/12/2019 11:28
Juíza suspeita de vender sentenças na BA era corpo estranho no fórum, diz PF

A juíza Marivalda Almeida Moutinho, afastada das funções por ordem do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça na Operação Faroeste -...

07/12/2019 11:24
Controlador-geral do RJ quer Programa de integridade

O controlador-geral do Estado do Rio, Bernardo Barbosa, quer instalar um Programa de Integridade do Estado. Ele defende que gestores, como secretários...

07/12/2019 10:09

Últimas Notícias

Cidades

Prefeitura executa desassoreamento em córregos da cidade

A Prefeitura de Guarulhos, por meio da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A), vem executando o serviço de desassoreamento em...

07/12/2019 08:21

Variedades

Praça da Biblioteca Monteiro Lobato ganha presépio

A partir desta sexta-feira, 06/12, quem passar em frente à Biblioteca Monteiro Lobato, no Centro, vai notar com encanto a beleza do...

06/12/2019 19:03

Cidades

Defesa Civil recebe selo Lixo Zero por aderir a atitudes sustentáveis

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) recebeu o selo Lixo Zero nesta sexta-feira, 06/12, em reconhecimento...

06/12/2019 18:44