Justiça Federal bloqueia quase R$ 20 mi de Beto Richa na Lava Jato

Luiz Vassallo, Ricardo Brandt e Fausto Macedo - 14/08/2019 20:54


A Justiça Federal do Paraná acolheu pedido da força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná e decretou o bloqueio de bens e ativos financeiros de investigados na Operação Piloto. Além do bloqueio de R$ 20 milhões do ex-governador Beto Richa (PSDB), o despacho judicial prevê a indisponibilidade de bens imóveis e de veículos e o sequestro de parte de imóvel citado no esquema de corrupção. As mesmas medidas, com valores proporcionais, foram aplicadas a outros réus.

A acusação da Procuradoria, apresentada em 5 de junho, denunciou o ex-governador Beto Richa (PSDB), Ezequias Moreira, José Richa Filho, o "Pepe Richa" - irmão de Beto -, Luiz Abi Antoun, Dirceu Pupo Moreira, Rafael Gluck e José Maria Ribas Mueller pela suposta prática, ao longo de 2014, dos crimes de corrupção ativa e passiva, fraude licitatória e lavagem de dinheiro, relacionadas à licitação na Parceria Público Privada (PPP) para exploração e duplicação da PR-323, que liga Maringá a Francisco Alves, no noroeste do Paraná.

A Operação Piloto foi deflagrada em setembro de 2018 a partir do conteúdo de depoimentos de delatores ligados ao grupo Odebrecht.

Os delatores revelaram suposto esquema de lavagem de dinheiro e pagamento de propina visando o favorecimento do consórcio liderado pela empreiteira na licitação de concessão da PR-323.

Esses pagamentos teriam sido realizados a partir do Setor de Operações Estruturadas da empresa em favor do codinome "Piloto", identificado como sendo o ex-governador.

Richa também é réu em outros dois processos pelo crime de lavagem de dinheiro proveniente de propinas do pedágio e de outros esquemas de corrupção em seu governo, informou a Procuradoria.

Defesa

Em nota, a defesa de Beto Richa afirmou que "irá se manifestar somente nos autos do processo, diante a insistência repetitiva do Ministério Público Federal, relativamente ao tema de indisponibilidade de bens".

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Três PMs são afastados após ação que resultou em morte em Heliópolis

Três policiais militares envolvidos na ação que resultou em uma morte em Heliópolis, na zona sul de São Paulo, no domingo, 1º, foram afastados. A...

07/12/2019 11:28
Juíza suspeita de vender sentenças na BA era corpo estranho no fórum, diz PF

A juíza Marivalda Almeida Moutinho, afastada das funções por ordem do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça na Operação Faroeste -...

07/12/2019 11:24
Controlador-geral do RJ quer Programa de integridade

O controlador-geral do Estado do Rio, Bernardo Barbosa, quer instalar um Programa de Integridade do Estado. Ele defende que gestores, como secretários...

07/12/2019 10:09

Últimas Notícias

Cidades

Prefeitura executa desassoreamento em córregos da cidade

A Prefeitura de Guarulhos, por meio da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A), vem executando o serviço de desassoreamento em...

07/12/2019 08:21

Variedades

Praça da Biblioteca Monteiro Lobato ganha presépio

A partir desta sexta-feira, 06/12, quem passar em frente à Biblioteca Monteiro Lobato, no Centro, vai notar com encanto a beleza do...

06/12/2019 19:03

Cidades

Defesa Civil recebe selo Lixo Zero por aderir a atitudes sustentáveis

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) recebeu o selo Lixo Zero nesta sexta-feira, 06/12, em reconhecimento...

06/12/2019 18:44