Sábado, 04 de Julho de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Cássio diz que eliminação 'já passou' e vê elenco focado para o clássico

futebol; Corinthians; Cássio; Campeonato Paulista

Por Redação GuarulhosWeb

14 de Fevereiro de 2020 as 14:54

A eliminação do Corinthians ainda na segunda fase da Copa Libertadores da América para o Guaraní do Paraguai, quarta-feira, em Itaquera, é passado.

A afirmação é do goleiro Cássio um dia antes do clássico com o São Paulo, neste sábado, às 19h, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista.

Para ele, não adianta remoer uma situação que não tem mais volta.

"Pressão sempre vai haver, clássico é diferente, tem rivalidade, há pressão.

A gente vem de eliminação, que já ficou para trás, não tem sentido ficar remoendo.

Quando a gente ganha título também não se acomoda e olha para frente.

Da mesma maneira ao ser eliminado, já foi, não vai voltar, temos de tirar as coisas positivas, modelo novo de trabalho, o time vem assimilando bem, nova postura, novo jeito de jogar, mérito do Tiago, há muito tempo o corintiano não via esse estilo", afirmou Cássio.

"Quando você faz o time crescer em qualidade, você vê, estamos confiantes para os próximos campeonatos em busca de títulos", completou.

O mesmo discurso o goleiro adotou ao ser perguntado mais uma vez sobre o gol da eliminação.

Cássio foi bastante criticado por não defender o chute de Fernando Fernández em uma cobrança de falta da entrada da área.

"A partir de ontem já acabou.

Vai voltar? Não vai voltar.

Tem de ter maturidade.

Quando faço as defesas não acho que sou o responsável pelo time ser campeão.

Crítica é normal, vem pelo nível de atuações que eu tive.

Quando acontece, acham que toda bola vou defender.

Fico feliz pela confiança, respeito todo mundo, tenho minha autocrítica.

Quando sou elogiado não me empolgo, e quando há crítica não acho que sou o pior.

" O goleiro garante que todo o elenco está focado nos próximos desafios.

O primeiro é o clássico com o São Paulo.

"Jogo num time grande, o Corinthians briga por títulos e por vitórias sempre, vejo não só eu, mas toda equipe pensando lá na frente, em nosso futuro.

É seguir trabalhando e vida que segue, temos de pensar no clássico, em vencer para dar sequência ao nosso trabalho", discurso.

"Há dois dias fomos eliminados, mas a gente vê o trabalho acontecer e isso é satisfatória.

Se seguirmos evoluindo, teremos coisas boas lá na frente, as perspectivas são boas.

Vamos no Morumbi para ganhar do São Paulo lá.

" Apesar da cabeça no clássico, Cássio, obviamente, foi questionado sobre os erros na eliminação para o Guarani.

Pedrinho, que havia voltado ao clube após defender o Brasil no Pré-Olímpico e garantir vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, foi expulso e prejudicou bastante o rendimento da equipe.

Para o goleiro, o companheiro precisa aprender com os erros.

"Ele não pode mais ser tratado como menino, já está há três anos, tem mais de 100 jogos, tudo o que acontece tem de ser usado como exemplo para não acontecer mais.

Aconteceu com Janderson contra o Santos, acontece, bola para frente.

Ele é novo, mas está desde 2017 aqui, é menino bom, cabeça boa, muitos elogios a ele, conheço a família que dá suporte, e ele sabe que pode contar com a gente.

Foi expulso por excesso de vontade, por querer ajudar", afirmou Cássio.