Quinta Feira, 04 de Junho de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

RESENHA GWEB – Bloodshot é homenagem ao cinema “macho men”

Bloodshot é uma homenagem pálida de um subgênero que ainda encontra fôlego para existir

Por Denis Le Senechal Klimiuc, especial para o GuarulhosWeb

13 de Março de 2020 as 16:14

Os anos 1980 trouxeram um subgênero do cinema que passou a ser admirado e acompanhado por pelo menos três gerações. Arnold Schwarzenegger, Bruce Willis, Mel Gibson e Sylvester Stallone transformaram os filmes de ação em verdadeiros ícones, algo que programas como “Cinema em Casa” e “Sessão da Tarde” nos cansaram de apresentar.

 

De lá para cá, o cinema passou por suas costumeiras mudanças, com o jeito de filmar, atuar e dirigir se adaptando aos novos tempos. Porém, como um bom subgênero, o cinema “macho man” sobreviveu. E Vin Diesel é uma cria e tanto desse tipo de filme, pois tanto os filmes de ação quanto as comédias fazem parte de sua filmografia. Por isso, este “Bloodshot” merece atenção.

 

Ray Garrison, soldado morto em combate, volta ressuscitado como um super-humano, e precisa lidar com diversas situações à base de violência e muita correria. Basicamente, esta é a premissa do filme. O interessante dele, porém, é que a direção homenageia os filmes de ação dos anos 80 e 90, mas não tenta copiar. Tem personalidade própria e torna tudo isso ainda mais crível por conta da boa fotografia, utilizando cores sempre vibrantes para nos lembrar que ali é um mundo irreal.

 

Vin Diesel, por sua vez, já está mais do que acostumado a fazer combatentes em busca de vingança, então não é uma novidade acompanhá-lo em cena. Da mesma forma, a história não traz fôlego o suficiente para ser lembrada por mais do que algumas horas depois da sessão, o que é uma pena, pois até mesmo Stallone tem conseguido ressuscitar o subgênero com mais sucesso.

 

“Bloodshot” é, portanto, uma homenagem pálida de um subgênero que ainda encontra fôlego para existir, mas em outras produções. Além disso, é baseado em uma obra muito vendida, o que teoricamente atrairia os holofotes para uma boa bilheteria, mas o resultado custo a acreditar que renderá mais do que duas semanas nos cinemas.

 

Opinião Gweb

Nota do filme (de 0 a 5): 2

Recomendado? Sim. Não é um grande filme, mas é uma boa homenagem ao subgênero que dominou as telas nos anos 80 e 90, além de ter boas cenas de ação.

Onde assistir: Circuito Cinemas - Shopping Bonsucesso (Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, 5308 - Jardim Albertina)

 

Serviço

Bloodshot

Ano: 2020

País: EUA

Duração: 109 min.

Direção: David S. F. Wilson

Classificação: 14 anos