Sábado, 28 de Março de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Após paralisação, Vôlei Guarulhos é considerado campeão e garante acesso à Superliga

Representantes dos oito clubes da Superliga B masculina decidiram pela paralisação do campeonato em virtude do risco gerado pelo coronavírus

Por Foto: Duda Barros

18 de Março de 2020 as 18:14

Em reunião virtual realizada na tarde desta quarta-feira, 18/3, representantes dos oito clubes da Superliga B masculina decidiram pela paralisação do campeonato em virtude do risco gerado pelo coronavírus. Com a determinação, o Vôlei Guarulhos foi considerado campeão e garantiu acesso à primeira divisão do torneio, ao lado do Uberlândia.


Classificado em primeiro lugar na fase inicial da Superliga, a equipe guarulhense jogou a primeira partida das quartas de final na última sexta-feira, 13, quando, sem torcida, venceu o Lavras, na casa do adversário, em Minas Gerais. O time encaminhou a classificação às semifinais, que não ocorrerão. 


O Vôlei Guarulhos votou pelo término do certame que, a princípio estava suspenso por 15 dias. O gestor da agremiação, Anderson Marsilli, justifica a opção. "Não tem a menor condição de continuar. É um cenário que a gente não queria. Queríamos vencer na quadra, mas, em virtude de tudo que acontece no mundo, é a decisão mais coerente", afirma. 

Apesar de não ser da forma esperada, a ascenção meteórica atende aos desejos do clube, desde a primeira competição disputada, no ano passado: a Superliga C. O Vedacit também garantiu o acesso na ocasião. Em 2021, os guarulhenses disputarão a primeira divisão da competição, que é transmitida por canais da TV fechada.


Com a definição, a classificação final da temporada 2020 da Superliga B masculina ficou da seguinte forma: Vedacit Vôlei Guarulhos (SP), Uberlândia/Start Química/Gabarito (MG), Anápolis Vôlei (GO), Brasília Vôlei/Upis (DF), JF Vôlei (MG), Apav Vôlei (RS), Lavras Vôlei (MG), e São José Vôlei (SP).