Sexta Feira, 03 de Abril de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Guti decreta estado de calamidade pública em Guarulhos e intensifica fiscalização em comércios abertos na cidade

Prefeito anunciou que estabelecimentos que desobedecerem a ordem que proíbe o funcionamento de estabelecimentos não essenciais poderão ser autuados e multados

Por Redação GuarulhosWeb

23 de Março de 2020 as 19:43

Em transmissão ao vivo realizada no Instagram na noite desta segunda-feira, 23, o prefeito Guti anunciou que vai decretar estado de calamidade pública em Guarulhos e intensificar as fiscalizações em comércios que, de acordo com decreto publicado na última sexta-feira, 20, não deveriam estar abertos e continuam em funcionamento.


O decreto de calamidade pública sairá na publicação do Diário Oficial desta segunda-feira e deverá ser aprovado pela Assembleia Legislativa para entrar em vigor. "A medida flexibiliza a utilização de verbas no combate ao coronavírus", explicou Guti.


Estavam presentes no Paço Municipal durante a transmissão representantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da GCM, da STMU (Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana) e da SDU (Secretaria de Desenvolvimento Urbano). Em uma operação conjunta, o prefeito anunciou que estabelecimentos que desobedecerem a ordem que proíbe o funcionamento de estabelecimentos não essenciais poderão ser autuados e multados. 


Guti afirmou que entende o problema econômico do empresário, sobretudo do pequeno empreendedor, mas ponderou que o momento pede medidas drásticas importantes para a saúde da população. "Todo mundo tem que honrar suas contas. Mas a hora é de salvar vidas. Infelizmente temos uma batalha dolorosa e a vida não tem preço", completou o prefeito.


A empresa Alfa Look's doou para a Prefeitura, nesta segunda, 2.500 litros de álcool gel 70%, que serão utilizados no combate ao coronavírus. Ao todo, Guarulhos tem oito casos confirmados da doença, além de 476 suspeitos.