Quinta Feira, 28 de Maio de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Governo anuncia R$ 40 bi de crédito para financiar salário do trabalhador de pequenas e médias empresas

O dinheiro será exclusivo para folha de pagamento

Por Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

27 de Março de 2020 as 14:21

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, na manhã desta sexta-feira, 27/3, que vai disponibilizar uma linha de crédito para que pequenas e médias empresas financiem e continuem pagando o salário dos funcionários pelo período de dois meses.


Ao todo, o governo federal estima gastar, durante o bimestre, cerca de R$ 40 bilhões com a nova medida, que arcará, no máximo, com dois salários mínimos (R$ 1045) por trabalhador. Quem recebe vencimentos acima da quantia, ficará a critério da contratante pagar o valor complementar acima dos dois salários. Por exemplo, se o funcionário recebe R$ 3 mil por mês, R$ 2.090 (equivalente à soma de dois salários mínimos vigentes desde o dia 1°/2) serão pagos pela administração federal. O restante ficará a cargo da empresa.


"O dinheiro vai direto para a folha de pagamento. A empresa fecha o contrato com o banco, mas o dinheiro vai direto para o funcionário, cai direto no cpf do funcionário. A empresa fica só com a dívida", disse Campos Neto, presidente do Banco Central, em anúncio, ao lado do presidente Jair Bolsonaro.


Ainda de acordo com o presidente do BC:

* o financiamento estará disponível para empresas com faturamento entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões por ano;

* o dinheiro será exclusivo para folha de pagamento;

* a empresa terá 6 meses de carência e 36 meses para pagar o empréstimo;

* os juros serão de 3,75% ao ano;

* Empresas que aderirem à iniciativa não poderão demitir funcionários durante o período de dois meses.