Quinta Feira, 28 de Maio de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Notícia sobre possível demissão de Mandetta se espalha

De acordo com a CNN, o médico precisará pedir desculpas ao presidente Jair Bolsonaro para evitar a dispensa

Por Redação GuarulhosWeb

06 de Abril de 2020 as 16:39

A notícia do jornal O Globo sobre uma possível demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ainda durante a tarde desta segunda-feira, 6/4, se espalhou pelas redes sociais. De acordo com a CNN, o médico precisará pedir desculpas ao presidente Jair Bolsonaro para evitar a dispensa. O deputado federal Osmar Terra, ex-ministro da Cidadania, é o nome mais cotado para ocupar o posto, caso a exoneração seja confirmada.  


Mandetta defende o isolamento social durante a pandemia de coronavírus, postura oposta ao que pensa Bolsonaro, defensor da abertura do comércio e do retorno das aulas. O presidente tem feito críticas públicas às medidas do ministro. Em uma delas, em entrevista à rádio Jovem Pan, o chefe do executivo afirmou que "está faltando humildade" ao médico.


O Datafolha divulgou recentemente pesquisa que apontou que 82% dos brasileiros que votaram em Jair Bolsonaro na última eleição presidencial aprovam o trabalho de Mandetta durante a crise do coronavírus. Apesar dos ataques, o ministro afirmou que só sai do cargo se for demitido. "Médico não abandona o paciente", declarou, em entrevista coletiva concedida na última sexta-feira, 3.