Quinta Feira, 15 de Abril de 2021

Governo do Estado prorroga quarentena até 31 de maio em São Paulo

É a terceira vez que o estado prolonga o prazo; ao todo, São Paulo registra 3206 óbitos provocados pelo Covid-19.

Por Redação GuarulhosWeb

08 de Maio de 2020 as 12:57

A quarentena devido à pandemia do coronavírus foi prorrogada até 31 de maio em todo o estado. A decisão foi anunciada pelo governador João Doria, em coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira, 8/5, no Palácio dos Bandeirantes. Ao todo, São Paulo registra 3206 óbitos provocados pelo Covid-19. Em Guarulhos, 102 pessoas morreram.


É a terceira vez que o governador estende a quarentena no estado. A paralisação teve início em 24 de março, com previsão de término no dia 7 de abril. No entanto, houve uma extensão até o dia 22 do mesmo mês e, depois, foi novamente postergado até o dia 10 de maio. 


"A quarentena felizmente está salvando vidas em São Paulo. Pessoas que poderiam ter adoecido e falecido, estão em vida e desfrutando seus familiares. Estão bem porque se protegeram e foram protegidas pelo isolamento social. São vários os estudos que mostram como a quarentena evita a difusão do vírus e nós sabemos disso", afirmou Doria.


"O cenário é desolador. A experiência de outros países mostra claramente o colapso do sistema de saúde e, quando isso acontece, paralisa tudo. O colapso aumenta o medo, a insegurança e também o número de mortos. O Brasil hoje é um país triste", afirmou o governador", completou o governador.


O estado tem registrado baixos índices de isolamento social. Em todos os dias úteis desta semana divulgados pelo Sistema de Monitoramento Inteligente, São Paulo alcançou apenas 47% de adesão às regras, número bem modesto se comparado aos 60% recomendados pelos órgãos de saúde.