Terça Feira, 02 de Junho de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Produção de petróleo e gás no Brasil fica estável em abril, diz ANP

ANP; petróleo; gás; produção

Por Denise Luna

22 de Maio de 2020 as 13:48

A produção de petróleo e gás no Brasil ficou praticamente estável em abril, em 3,738 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), contra 3,739 milhões de boe/d em março, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O resultado decorreu de uma queda de 0,51% na produção de petróleo, para 2,958 milhões de barris diários (b/d) e o aumento de 1,85% da produção de gás natural, para 124 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d). A Petrobras, maior concessionária brasileira, registrou queda de 0,78% na produção total, para 2,767 milhões de boe/d, resultado da queda de 1,14% na produção de petróleo, para 2,162 milhão de b/d e aumento de 0,4% na produção de gás natural, para 96,1 milhões de m3/d. A empresa reviu a medida anunciada no final de março, de cortar a produção de 200 mil b/d de petróleo, depois de perceber melhora da demanda global. O pré-sal correspondeu a 69,5% do total produzido em abril, aumentando a fatia registrada em março (66,7%), com produção de 2,597 de boe/d. A produção de petróleo na região foi de 2,057 milhões de b/d e de gás natural, de 85,9 milhões de m3/d. O campo de Lula, na bacia de Santos, continua sendo o maior campo produtor, registrando em abril produção de 1,032 milhão de b/d de petróleo e 45,6 milhões de m3/d de gás natural. Ou 1,21 milhão de boe/d. Búzios foi o segundo colocado, com 380 mil boe/d.