Quinta Feira, 15 de Abril de 2021

Apesar de liberação pelo Estado, Bruno Covas diz que não reabrirá comércio dia 1º na Capital

Portanto, cidade de São Paulo continua em quarentena, de acordo com prefeito

Por Redação GuarulhosWeb

28 de Maio de 2020 as 17:33

O prefeito Bruno Covas afirmou, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 28/5, que, apesar da liberação do Estado, a Capital não vai reabrir o comércio a partir do dia 1º/6. De acordo com o gestor, nesta data, a administração começará a receber protocolos de cada um dos setores e, somente depois de analisados e aprovados, a Prefeitura vai autorizar a reabertura.


"O Estado permite que municípios possam reabrir as atividades a partir do dia 1º. Não disse que abre no dia 1°", afirmou Covas. Apesar do anúncio de retomada, a cidade continua em quarentena.


Na próxima quinta-feira, 4, o prefeito agendou nova coletiva para tratar do processo de retomada. De acordo com ele, toda proposta recebida passará por análise da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da Vigilância Sanitária.


O GuarulhosWeb mostrou que, nesta quarta-feira, 27/5, o governador João Doria liberou a reabertura das atividades econômicas a partir do dia 1º em São Paulo e deixou de fora todas as cidades que fazem divisa com a Capital, incluindo Guarulhos.