Quinta Feira, 09 de Julho de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Mega operação em Guarulhos investiga clínicas médicas usadas por facção para lavar dinheiro

Clínicas seriam usadas, inclusive, para atender criminosos baleados durante ações

Por Katia Russões

03 de Junho de 2020 as 08:46

O 4º DP de Guarulhos realiza, na manhã desta quarta-feira, 03/06, a operação intitulada “Soldi Sporchi” (Dinheiro Sujo). Na ação a polícia cumpre 60 mandados de busca e apreensão e 22 mandados de prisão temporária contra suspeitos de envolvimento em lavagem de dinheiro e organização criminosa. Uma rede de clínicas de saúde era usada para cometer os crimes e atender membros da facção.

As investigações começaram há sete meses, quando a polícia apreendeu oito pistolas e dez fuzis. Três deles seriam de artilharia antiaérea. Com a apreensão, os policiais descobriram a existência de uma organização criminosa que estaria relacionada a crimes de roubos de instituições financeiras, mediante uso de artefatos explosivos, e crimes de tráfico de drogas. A polícia identificou ainda, o líder da facção, que seria um criminoso procurado pela Justiça e condenado por crimes de tráfico, inclusive um de caráter transnacional.

O líder, que até o momento não teve a identidade revelada, seria proprietário de clínicas de saúde, que tinham como finalidade a prática de lavagem de dinheiro, além do auxílio médico para membros da facção, familiares e pessoas próximas.

O homem teria fundado empresas com o propósito de prestar serviços públicos junto a prefeituras, como por exemplo, limpeza urbana, coleta de lixo e combate à dengue. Ele teria participação ainda em organizações sociais, que teria como objetivo facilitar contratos com a gestão municipal para a administração de hospitais e escolas públicas.

Ao todo, a operação conta com 350 policiais civis, 100 viaturas e apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os mandados são cumpridos na capital e em outros 11 municípios.

Até o fechamento da matéria a polícia apreendeu carros, joias, documentos e prendeu membros da quadrilha.