Quinta Feira, 09 de Julho de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

BoE volta a dizer que Reino Unido deve estar preparado para um Brexit sem acordo

Reino Unido; Brexit; BoE

Por Eduardo Gayer

03 de Junho de 2020 as 08:44

O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) enviou comunicado à imprensa na manhã desta quarta-feira, 3, reforçando que o sistema financeiro do Reino Unido deve estar preparado para todos os cenários, incluindo o que ficou conhecido como "Brexit sem acordo".

Ainda que os britânicos tenham deixado formalmente a União Europeia (UE) em janeiro deste ano, está em vigor, até o fim de 2020, um período de transição para que as duas partes possam formalizar uma nova relação comercial.

Como a negociação caminha a passos lentos, existe no mercado o temor de que não haja um consenso sobre o tema até o fim do prazo.

Tal hipótese levaria ao "Brexit sem acordo", na medida em que o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, resiste a estender o período de transição.

"É fundamental que o Banco da Inglaterra prepare o sistema financeiro do Reino Unido para todos os riscos que ele possa enfrentar.

Ao desempenhar esse papel, o governador Andrew Bailey, presidente do BoE encontra a liderança dos bancos do Reino Unido regularmente", diz o comunicado desta terça-feira.

"Como dissemos anteriormente, a possibilidade de que as negociações entre o Reino Unido e a UE sobre um futuro relacionamento comercial possam não resultar em um acordo é um dos vários resultados que os bancos britânicos precisam se preparar para os próximos meses", completa a nota.

O comunicado do BC inglês vem poucas horas depois de o jornal Sky News informar, citando fontes, que Bailey se encontrou com líderes do setor financeiro para planejar uma saída definitiva do Reino Unido da UE sem um acordo comercial.