Quinta Feira, 15 de Abril de 2021

Região Bonsucesso - São João é a que registra menos óbitos e casos de covid-19 em Guarulhos

Área central da cidade continua como a mais impactada pela doença

Por Redação GuarulhosWeb

18 de Junho de 2020 as 19:50

O novo Boletim Epidemiológico, divulgado pela Prefeitura na noite desta quinta-feira, 28/5, aponta que a área central segue como a mais atingida pelo coronavírus, enquanto a Região São João-Bonsucesso foi a menos impactada. 

A área central inclui os seguintes bairros: Jardim Paraventi, Jardim Flor da Montanha, Parque Cecap, Vila Fátima, Vila Barros, Ponte Grande, Itapegica, Jardim Munhoz, Jardim Tranquilidade, Vila São Rafael e Jardim Vila Galvão. Ao todo, são 1.710 casos e 138 óbitos nesse território.

A região de Saúde São João contabiliza 1.010 notificações positivas e 86 óbitos. Estão situados nessa área bairros como Jardim Bananal, Jardim Fortaleza, Cidade Seródio, Haroldo Veloso, Parque Santos Dumont, Vila Nova Bonsucesso, Jardim Álamo, Vila Carmela, Parque Residencial Bambi, Água Azul, Jardim Presidente Dutra, Marinópolis, Inocoop, Lavras, Cidade Soberana, Jardim Ponte Alta e Jardim Santa Paula. 

Em segundo lugar, atrás da área central, com 1.489 pessoas infectadas e 138 óbitos, está a Região de Saúde Cantareira, que abrange bairros como Vila Galvão, Jardim Rosa de França, Jardim Palmira, Parque Continental, Jardim Novo Recreio, Cabuçu, Jardim Acácio, Jardim Belvedere, Parque Primavera, Taboão, Cidade Martins, Jardim Santa Lídia, Cocaia, Jardim Jovaia, Vila Rio de Janeiro e Morros. 

Por fim, a Região Pimentas/Cumbica, que tem 1.072 casos confirmados e 92 mortes. Estão dentro desse território bairros como Pimentas, Conjunto Marcos Freire, Jardim Jacy, Cumbica, Parque Uirapuru, Jardim Nova Cumbica, Água Chata, Vila Dinamarca, Jardim Nova Cidade, Parque Jandaia, Jardim Normandia, Parque Piratininga, Jardim Aracília, Parque Jurema, Parque Alvorada, Jardim Dona Luiza e Jardim Santo Afonso. Não foram identificadas, até o momento, as regiões de 150 pessoas infectadas pelo Covid-19.