Segunda Feira, 06 de Julho de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

'Quintal da Cultura' realiza 'live' de arraial para as crianças na quarentena

festa junina; crianças; Quintal da Cultura

Por Camila Tuchlinski

24 de Junho de 2020 as 10:21

A criançada pode se preparar para entrar no clima de festa junina nesta quarta-feira, 24.

Isso porque a turma do Quintal da Cultura fará uma 'live' para os festejos de época e entreter as crianças na quarentena.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, as barraquinhas de pescaria, comidas típicas e morangos com chocolate tiveram de ser adiadas.

A 'live' do Quintal da Cultura apresenta o Arraial do Quintal.

Para levar música e diversão para a garotada neste momento de distanciamento, os anfitriões Osório (Jonathan Faria) e Doroteia (Helena Ritto) recebem as contadoras de histórias Mariane Bigio e Milla Bigio, do projeto Cordel Animado, e o músico Cris Gouveia.

A transmissão ao vivo será a partir das 17h, no Facebook da TV Cultura e no canal oficial do programa no YouTube.

A edição comemorativa ainda conta com elementos especiais, como o Correio Elegante digital.

O ator Jonathan Faria, que interpreta Osório, fala um pouco mais sobre a novidade: "a interatividade nesta 'live' vai ser mais afetiva ainda porque, até então, as crianças e os pais podiam se comunicar com a gente pelo Facebook e Instagram, mas, desta vez, não serão só perguntas ou conversas.

Com o Correio Elegante, eles poderão mandar seus recados e carinhos para pessoas que não veem há um tempão por causa da quarentena.

Então, você pode ter uma criança que mora em São Paulo mandando um beijo para o tio que mora em Belo Horizonte.

Isso vai ser incrível! É uma forma de romper a barreira que hoje a gente está vivendo e chegar até o outro", conclui.

Helena Ritto, que dá vida à personagem Dorô, também comenta sobre a importância de trazer o tradicional arraial para o meio online.

"A escola sempre foi muito precisa com as datas comemorativas e os eventos, organizando coletivamente a vida da criança.

Hoje, com a questão da pandemia, a criança precisa aprender como transformar a solidão em solitude.

É necessário ter um acolhimento dentro de casa para que os sentidos desses eventos sejam encontrados na essência, não apenas na forma.

Não adianta ir em uma escola toda enfeitada de bandeirinhas se o coração da criança não estiver colorido.

Isso vale para todos os eventos que fazem parte da vida dela, não somente a Festa Junina.

Então, a busca deste ano é: 'vamos colorir o coração das crianças'", afirma a atriz.