Sexta Feira, 03 de Julho de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Doria privilegia Capital e ABC e deixa Guarulhos de fora de flexibilização a bares e restaurantes

De acordo com o último balanço, Guarulhos registra 69% de ocupação leitos de UTI

Por Redação GuarulhosWeb

26 de Junho de 2020 as 13:23

Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira, 26/6, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou a reclassificação das fases do Plano São Paulo. Ao contrário da Capital e do ABC, inclusas na fase 3, que libera bares, restaurantes e salões de beleza, Guarulhos continua na fase 2 do plano. A decisão vale até a próxima sexta-feira, quando a cidade poderá ser realocada em outra etapa. 

Outras regiões também avançaram, como a Sudeste, formada por Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul e a Sudoeste, composta por Cotia, Embu, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra, Vargem Grande Paulista..

Além de Guarulhos, o grupo, "Grande SP Leste - Alto Tietê", é composto por Arujá, Biritiba-Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano. Todas as cidades, portanto, recebem a mesma classificação. Pesou, segundo o estado, o número de óbitos na região, já que a quantidade de leitos disponíveis é considerada satisfatória.

A 2ª fase de controle, classificação de Guarulhos, flexibilizou a abertura de escritórios, concessionárias, shoppings centers e parte do comércio. Bares e restaurantes ainda não são contemplados neste momento. Há restrição de fluxo, de horário. Exemplo, os shoppings devem funcionar apenas obedecendo distância de 1 metro e meio entre os usuários. 

De acordo com o último balanço, Guarulhos tem 69% de ocupação leitos de UTI, índice que chegou a ser de 100%. 

Doria também renovou o decreto de quarentena no Estado, entre 26/6 e 14/7. É a sexta prorrogação desde março, quando foi iniciada.