Domingo, 18 de Abril de 2021

Após cobrança de Guti, Doria libera bares, restaurantes e academias em Guarulhos

Além desses estabelecimentos, salões de beleza também poderão reabrir na nova classificação

Por Redação GuarulhosWeb

10 de Julho de 2020 as 12:44

O governador João Doria vai anunciar, daqui a pouco durante coletiva de imprensa, o avanço de Guarulhos e demais cidades do Alto Tietê para a fase amarela do Plano SP, na qual já estão enquadradas a Capital e as cidades do ABC. A medida, que entra em vigor na próxima segunda-feira, 13, acontece um dia após o prefeito Guti ter ido ao Palácio dos Bandeirantes para cobrar o avanço no processo de flexibilização com base em números do município no combate ao coronavírus.

A decisão, que vale até a próxima sexta-feira, 17/7, permite a reabertura de bares, restaurantes e salões de beleza. As academias também estão liberadas, desde que sigam um rígido protocolo sanitário, a ser divulgado pela administração municipal. Na Capital, por exemplo, elas só poderão funcionar 6 horas por dia e com, no máximo, 30% da capacidade, mediante agendamento prévio dos alunos.

O GuarulhosWeb conversou com representantes de restaurantes e salões de beleza, que demonstraram recente insatisfação pela decisão da Justiça, a pedido do governador, que atrasou o retorno ao atendimento desses estabelecimentos. Guarulhos, através do prefeito Guti, recorreu da decisão judicial.

Além de Guarulhos, o grupo, "Grande SP Leste - Alto Tietê", é composto por Arujá, Biritiba-Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano. Todas as cidades, portanto, recebem a mesma classificação. 

Outras regiões também continuam na faixa amarela, como a Sudeste, formada por Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul e a Sudoeste, composta por Cotia, Embu, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista, além da própria Capital, a região de Osasco, de Registro e a Baixada Santista que, como Guarulhos, avançaram de fase.

A 2ª etapa de controle, classificação anterior de Guarulhos, havia flexibilizado a abertura de escritórios, concessionárias, shoppings centers e parte do comércio. De acordo com o último balanço, Guarulhos tem 58,2% de ocupação leitos de UTI, índice que chegou a ser de 100%. 

Apesar dos avanços, o decreto da quarentena permanece ativo em São Paulo, pelo menos até o dia 30.

Setores liberados:

Na fase amarela, fica permitido o atendimento presencial restrito em bares, hotéis, restaurantes, salões de beleza e barbearias, de acordo com os protocolos de cada área. O Plano SP também prevê abertura limitada a 40% da capacidade de todos os setores previstos na laranja e seis horas de expediente, ao invés de quatro.