Sexta Feira, 14 de Agosto de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Consumidores pedem mais ingredientes a delivery para preparar alimentos durante a pandemia

Pesquisas mostram mudanças nos hábitos dos consumidores durante o isolamento social

Por Foto: Divulgação

14 de Julho de 2020 as 09:42

Desde que o isolamento social foi adotado no Brasil, várias pesquisas mostram a mudança no hábito de compra e consumo do brasileiro. Estudos comprovam que famílias das classes A e B tem mais facilidade de se adaptarem a quarentena e ao isolamento social. 

Pela comodidade de manter os estudos e o trabalho em casa, essas pessoas acabam recorrendo mais ao delivery de comida e de supermercado, por exemplo. 

Porém, além dos produtos essenciais como, feijão, arroz, leite e papel higiênico, as famílias passaram a incluir na lista de compras, itens para preparar alimentos que antes eram comprados prontos. 

Para Guilherme Aere, CEO da plataforma HomeRefill, que ajuda o consumidor a organizar o estoque de compras diretamente com os fabricantes, essa mudança no comportamento do consumidor pode ser explicada pelo aumento do tempo ocioso em casa ou pela vontade de ter uma vida mais saudável. 

“Desde o começo da quarentena começamos a perceber mudança no hábito do nosso consumidor. O que nos chamou mais a atenção, foi o aumento nos pedidos de produtos para preparo em casa de coisas antes tipicamente compradas prontas, como os ingredientes para fazer pão”, disse Aere.

Quem mudou o hábito durante a quarentena foi Mayara Garcia, gestora de projetos. Usuária do aplicativo HomeRefill, ela tinha o costume de fazer pão a cada 45 dias, agora a produção acontece com mais frequência. 

“Sempre gostei de fazer pão em casa. Fazia um pão por mês, ou a cada 45 dias. Agora tenho feito um a cada semana, ou a cada 15 dias. Fora os pães mais rápidos, que não precisam de descanso”, contou Mayara. 

“Preferimos os pães caseiros, que são mais saudáveis e saborosos. Se a rotina pós-pandemia deixar, quero continuar fazendo pães em casa”, concluiu.

Esse desejo por uma vida mais saudável não é só da Mayara. De acordo com uma pesquisa divulgada pela Social Miner, empresa que une dados de consumo, tecnologia e humanização, em parceria com a Opinion Box, após o fim do isolamento social, os brasileiros devem intensificar boas práticas de higiene, estudo e se alimentar melhor. 

A pesquisa "O futuro do consumo num cenário pós-covid-19" mostra ainda que 62,7% dos consumidores pretendem mesclar as compras de supermercado entre on-line e off-line.