Quinta Feira, 15 de Abril de 2021

USP desenvolve respirador de R$ 5 mil e envia ao Incor para tratar pacientes com Covid-19

A faculdade tem como meta a construção de 20 deles diariamente

Por Redação GuarulhosWeb

15 de Julho de 2020 as 14:10

Os pacientes do Instituto do Coração dos Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina DA Universidade de São Paulo (Incor) receberão, a partir desta quinta-feira, 16/7, 10 respiradores desenvolvidos por pesquisadores da instituição acadêmica.

O Inspire, projeto iniciado em março, tem custo estimado de apenas R$ 5 mil a R$ 10 mil por unidade e leva cerca de duas horas para ser produzido. A faculdade tem como meta a construção de 20 deles diariamente. O trabalho de desenvolvimento custou R$ 7 milhões, oriundos de doações de empresas e individuais.

"Os respiradores serão utilizados em pacientes com coronavírus dentro do Hospital das Clínicas. Esses respiradores demonstram a capacidade dos pesquisadores, que desenvolveram em apenas quatro meses, a partir de março deste ano, e a um baixíssimo custo, a produção de respiradores", afirmou João Doria.

A USP já enviou dados dos aparelhos e aguarda o aval da Anvisa para começar a produção em larga escala.