Sexta Feira, 16 de Abril de 2021

SP vai contratar mais de 10 mil professores para substituir profissionais do grupo de risco

A informação foi dada durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira, 17/7.

Por Redação GuarulhosWeb

17 de Julho de 2020 as 14:57

O secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, confirmou que o Estado vai ter que contratar mais de dez mil professores para substituir profissionais afastados da função por pertencerem ao grupo de risco do coronavírus. A informação foi dada durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira, 17/7.

"Certamente teremos que contratar professores para substituir aqueles que são do grupo de risco. A nossa previsão é de, pelo menos 10 mil professores, além de agentes de organização de escolar e outros", disse Rossieli.

"Mas ainda é uma previsão, porque estamos fazendo uma pesquisa mais apurada com os profissionais para saber se eles são do grupo de risco e que apresentem quais. Aí, validando com a área médica, logicamente eles estarão em tele-trabalho", completou o secretário.

São Paulo trabalha com a previsão de retorno das aulas no dia 8 de setembro, desde que as regiões apresentem redução consistente do contágio do Covid-19. De acordo com Soares, na segunda quinzena de agosto, a Educação deve divulgar detalhes das contratações e confirmar - ou não - a retomada do ensino presencial.