Domingo, 09 de Agosto de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

RESENHA GWEB – A Barraca do Beijo 2 é longo, mas uma boa continuação

Filme trata de temas comuns à adolescência sem tornar os personagens forçados ou caindo em soluções ruins

Por Denis Le Senechal Klimiuc, especial para o GuarulhosWeb

30 de Julho de 2020 as 12:19

Em 2018 a Netflix presenteou seus assinantes com uma comédia romântica adolescente simples, mas eficaz: “A Barraca do Beijo”. A história da amizade entre dois adolescentes do sexo oposto conquistou o público desse serviço de streaming, gerando esta continuação de nome subsequente.

“A Barraca do Beijo 2” nos leva à vida de Elle e Lee, amigos inseparáveis que agora estão em seus respectivos relacionamentos, no final do ensino médio (ou high school), e que precisam lidar com um grande problema: o ciúme.

O filme começa de onde parou o primeiro e, a partir daí, conhecemos como Elle lida com o relacionamento à distância, enquanto Noah inicia seus estudos em Harvard, distante de todos os familiares, amigos e namorada.

Apesar de longo, o filme cria algumas subtramas interessantes, pois jamais trata seus personagens de forma artificial, mostrando o quanto cada um deles evoluiu diante do primeiro filme, mantendo o bom humor e a personalidade do original.

Por sua vez, Joey King evoluiu consideravelmente entre um filme e outro, criando uma Elle repleta de sentimentos, conseguindo imprimir cada nuance de sua protagonista, enquanto Lee se torna naturalmente um coadjuvante nesta história.

Para quem gosta de comédias românticas, esta é uma boa oportunidade de conferir um filme que respeita a adolescência e, ainda assim, consegue transmitir as dúvidas e anseios de seus personagens principais.

Por outro lado, em muitos momentos o roteiro se atrapalha com a quantidade de informações, resultando em uma conclusão maior do que deveria. Mas é uma boa história sendo contada com a participação sempre especial de Molly Ringwald, rainha das comédias adolescentes dos anos 80.

 

Opinião Gweb

Nota do filme (de 0 a 5): 3

Recomendado? Sim. É uma boa continuação, que trata de temas comuns à adolescência sem tornar os personagens forçados ou caindo em soluções ruins.

Onde assistir: Netflix

 

Serviço

A Barraca do Beijo 2

Ano: 2020

País: Estados Unidos

Duração: 134 min.

Direção: Vince Marcello

Classificação: 12 anos