Quinta Feira, 24 de Setembro de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Especialistas dão dicas de como manter os cabelos saudáveis

E destacam a importância de cada tratamento capilar

Por Redação GuarulhosWeb

05 de Agosto de 2020 as 10:33

Existem vários cuidados que devemos tomar com os cabelos e se faz necessário tornar hábito, que se realizando regularmente é possível que se mantenha o aspecto saudável e sedoso, independente do fio de cada tipo de cabelo. A seguir dicas de profissionais que são essenciais para a saúde capilar:

- Lavagem: a quantidade de lavagens não segue uma regra, ela depende da quantidade de oleosidade do couro cabeludo. Cabelos oleosos permitem uma quantidade maior de lavagens, já os secos uma quantidade menor

- Shampoo: usar de acordo com o tipo de cabelo, respeitando o pH de 4,5 a 5,5, pois nesse pH há maior estabilidade das cutículas da haste

- Condicionador: é essencial a qualquer tipo de cabelo, pois contribui com a redução da porosidade e dá emoliência. Importante passar com os cabelos úmidos

- Leave-in: é um finalizador de cabelo, sem enxágue e não deve ser confundindo com creme para pentear, pois o leave-in disciplina os fios e garante que eles fiquem alinhados e sem frizz

-Temperatura da água: Normalmente usa-se a água morna, pois a água muito quente aumenta a oleosidade, resseca e aumenta o risco de descamação do couro cabeludo. Aproveite os dias quentes e lave com água fria, ela é excelente para diminuir a porosidade do fio e dar aquele brilho extra.

Para Silmara Macri, coordenadora do curso de Estética da FAM (Centro Universitário das Américas) se faz necessário reforçar que, as chapinhas ressecam e desidratam os fios, então devem ser usadas com moderação e critério. Sem esquecer de usar o protetor térmico.

Mas além de todos esses cuidados, é importante que o leitor saiba que um bom tratamento capilar faz toda a diferença.

“A grande maioria das mulheres acham que a reconstrução é melhor que a hidratação, mas os profissionais têm o dever e a responsabilidade de esclarecer as diferenças entre as técnicas e, sobretudo saber fazer a correta indicação”, afirma José Ailton dos Santos, professor de Terapia Capilar do Centro Universitário das Américas. 

Hidratação - significa devolver a água, então os hidratantes capilares têm princípios ativos que levam água ao fio e protegem o córtex, pois selam a cutícula. Para essa técnica a porosidade deve ser baixa, portanto indicada para cabelos finos, com frizz.

Reconstrução Capilar - devolvem as proteínas, queratina e colágeno a haste. O produto deve ter baixo peso molecular e oferecer proteção solar. Seu principal objetivo é reparar o dano da cutícula. A técnica é indicada para cabelos com alta porosidade, portanto para cabelos quimicamente tratados.

Cauterização - diminuir a porosidade, evitando assim a saída do que foi reposto no cabelo, e seu principal ativo é a queratina, completa José Ailton.

Já a nutrição é indicada para cabelos volumosos, que embaraçam com facilidade, sem definição, pois devolvem à fibra capilar a hidratação e emoliência repondo água e oleosidade através óleos vegetais como a manteiga de karitê e argan.

Vale destacar que é importante avaliar o cabelo e, sobretudo o que será usado, o profissional deve saber o peso molecular de cada produto que elege para sua bancada. Nem sempre o que a cliente quer, é o ideal a ser feito.