Quinta Feira, 15 de Abril de 2021

Estados brasileiros registram variação de mais de 6% no preço da gasolina

Tendo em vista o recorte das regiões brasileiras, o Nordeste liderou com a média de valores mais caros para a gasolina comum e vendeu o combustível ao preço médio de R$ 4,472

Por Redação GuarulhosWeb

19 de Agosto de 2020 as 17:07

De acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), a primeira quinzena de agosto apresentou aumento em todos os combustíveis frente ao mesmo período do mês de julho. A gasolina comum, que tinha fechado os primeiros quinze dias de julho com a média de R$ 4,338, no mesmo período de agosto ficou com a média de R$ 4,397, apresentando um aumento de 1,36%. O etanol, que em julho foi encontrado nas bombas a R$ 3,382, apresentou 0,85% de aumento e foi vendido na primeira quinzena a R$ 3,411. Já o diesel teve o maior aumento entre os combustíveis, 2%, sendo vendido a R$ 3,556.

 

Tendo em vista o recorte das regiões brasileiras, o Nordeste liderou com a média de valores mais caros para a gasolina comum e vendeu o combustível ao preço médio de R$ 4,472. O Sul figurou com a mais baixa e registrou a média de valor nas bombas a R$ 4,210. Em resumo, a gasolina comum é cerca de 6% mais barata no Sul do que no Nordeste.

 

Já o etanol mais barato registrado foi o do Centro-oeste, com a média de preço a R$ 2,963 e o mais caro foi na região Norte com R$ 3,642. O etanol, no comparativo de regiões, é 19% mais barato no Centro-oeste do que Norte do País. “Se considerarmos a variação por estados, a diferença chegou a quase 16%. Ainda assim, é uma variação bem menor frente aos meses de auge da pandemia no Brasil, onde, em abril e maio, a variação chegou a quase 19%”, afirma Douglas PinaHead de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

 

O diesel e o diesel S-10 mantiveram-se mais caros na Região Norte do País, com R$ 3,767 e R$ 3,832 respectivamente. A região Sul registrou as médias de preços mais baratos para os combustíveis, apresentando o valor de R$ 3,27 para o diesel e R$ 3,327 para o diesel S-10 nas bombas. Os dois tipos de diesel são cerca de 13% mais baratos no Sul do que no Norte.

 

Fazendo um comparativo com o mesmo período de julho por região, todas regiões apresentaram crescimento no valor dos combustíveis - o Sul apresentou aumento de 2,19% para o diesel, 0,09% para o etanol e 1,01% para a gasolina comum. O Sudeste figurou com um aumento de 2,12% para o diesel, 0,09% para o etanol e 1,68% para a gasolina comum. O Norte registrou aumento de 1,87% para o diesel, 1,68% para o etanol e 0,76% para a gasolina comum. O Nordeste apresentou um aumento de 1,97% para o diesel, 0,31% para o etanol e 1,75% para a gasolina comum. O Centro-oeste teve aumento de 2,55% para o diesel, 0,41% para o etanol e 1,45% para a gasolina comum.