Segunda Feira, 19 de Abril de 2021

Pesquisas revelam que estudar fazendo anotações à mão traz melhorias para o aprendizado

Alunos que fazem anotações no papel têm melhor desempenho nas notas

Por Agência Educa Mais Brasil

21 de Agosto de 2020 as 16:31

Em um artigo publicado no The Journal of Learning Disabilities, pesquisadores afirmaram que o ato de escrever à mão envolve a mente de modo diferenciado. Por isso, é uma das melhores formas para fixar a memorização das informações. A prática vem se perdendo pela facilidade da tecnologia, muitos alunos preferem fotografar o conteúdo a escrever. Porém, esse costume é insuficiente se comparada aos benefícios de escrever à mão.

Dentre as vantagens possibilitadas pela anotação manual dos ensinamentos, estão o benefício à memória, ajuda na melhoraria da linguagem escrita e aumento da compreensão de texto. Quando o estudante toma nota no caderno, melhora as suas chances de reter o que foi estudado de forma mais fácil. Tal explicação está no fato de que quando a pessoa escreve no papel fica focada no que está fazendo.

Há melhora no desempenho da linguagem escrita, fazendo o estudante pensar mais e observar sobre as palavras. Ao contrário do que ocorre com o celular e aplicativos de texto no computador, que corrigem automaticamente, exigindo menos do desempenho na linguagem. Então, quem está treinando Redação deve priorizar a escrita no papel.

Segundo pesquisa publicada na revista Psychological Science, alunos que fazem anotações à mão têm melhor desempenho nas notas. Embora possa parecer mais trabalhoso ou até mesmo perda de tempo, estudar fazendo anotações à mão no papel é um dos melhores hábitos, comprovados por estudos, para memorizar, compreender e melhorar a linguagem.