Domingo, 11 de Abril de 2021

Prefeitura confirma desativação do 3CGru na próxima semana

Em cinco meses, local acumulou histórias de superação

Por Foto: Paulo Manso

27 de Agosto de 2020 as 13:51

Após pouco mais de cinco meses de inauguração e contabilizar cerca de 600 vidas salvas, o 3CGru deve ser desativado na próxima sexta-feira, 4/9. Em contato com o GuarulhosWeb, a Prefeitura confirmou a intenção de encerrar as atividades do hospital de campanha.

"A Secretaria de Saúde informa que o Hospital de Campanha de Guarulhos deve ser desativado até 4 de setembro próximo, com muito critério e segurança, após análise do cenário epidemiológico da pandemia, que vem apresentando tendência de estabilidade e queda nas taxas de ocupação dos leitos sob gestão municipal nas últimas semanas", afirma, em nota, a administração.

O 3CGru foi o primeiro hospital de campanha inaugurado no país. Construída em sete dias, a unidade funcionou de 27 de março a 6 de abril apenas com o centro de triagem e o drive-thru. Em 7 de abril, o local passou a atender os pacientes de forma completa, fornecendo aparelhos de tomografia, ultrassonografia e raio-x. Ao todo, existem 80 leitos disponíveis, sendo 24 deles de alta complexidade.

O GuarulhosWeb acompanhou toda a trajetória do hospital e contou a história do gestor, que afirmou à reportagem que só voltaria para a família quando ninguém mais precisasse de ajuda. Na ocasião, Luís Fernando Ribeiro de Castro já não encontrava a família há semanas.  

A reportagem também narrou momentos de superação como a da dona Nenê, que recebeu alta aos 100 anos de idade e do cabo Carlos Eduardo Pereira, que chegou ao local com 80% do pulmão comprometido e foi salvo pela equipe médica. Essa foi a alta de número 600 do 3CGru.

Em junho, quando Guarulhos atingiu números próximos a 100% de ocupação de UTI, em uma semana, o 3CGRU foi ampliado em mais 10 leitos de alta complexidade, aumentando a capacidade para 24 UTIs.  

Em cinco meses de funcionamento o Centro de Combate ao Coronavírus realizou 39.799 atendimentos, incluindo internações, atendimentos médicos e encaminhamentos para isolamento domiciliar. Nesse período foram efetuadas 126 transferências, realizados 89.560 exames (bioquímicos, ultrassom, tomografia computadorizada e raio X) e registrados 86 óbitos. A taxa de recuperação é de 87,5%. De acordo com o último balanço, apenas 10 pessoas permanecem internadas no local. O mesmo balanço apontou a menor taxa de ocupação de UTIs em Guarulhos desde o início da pandemia: 51%. Os números reforçam que o 3CGru já cumpriu seu papel em meio à pandemia.