Terça Feira, 27 de Outubro de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

Nuggets batem Clippers, conseguem virada histórica na semi e vão à final do Oeste

basquete; NBA; Denver Nuggets; Los Angeles Clippers

Por Redação GuarulhosWeb

16 de Setembro de 2020 as 07:48

O Denver Nuggets provou mais uma vez que será muito difícil superá-lo nos playoffs da NBA.

A franquia do Colorado conseguiu uma virada épica na série contra o Los Angeles Clippers após estar perdendo por 3 a 1.

O triunfo por 104 a 89, na noite de terça-feira, no ESPN Wide World of Sports, o enorme complexo da Disney em Orlando, na Flórida, garantiu passagem à final da Conferência Oeste para enfrentar o Los Angeles Lakers, de LeBron James.

O primeiro jogo será nesta sexta.

Pela primeira vez na história da NBA uma equipe conseguiu avançar duas vezes consecutivas após se deparar com uma desvantagem de 3 a 1 em uma série de playoffs - os Nuggets haviam eliminado o Utah Jazz na primeira rodada.

O time de Denver volta à final da Conferência Oeste após 11 anos.

Nikola Jokic e Jamal Murray foram os principais responsáveis pela classificação.

O pivô da Sérvia, que já havia sido fundamental no vitória no jogo 6, terminou a partida com um "triple-double" (dois dígitos em três fundamentos) ao anotar 16 pontos, pegar 22 rebotes e dar 13 assistências, além de três tocos e duas roubadas de bola.

Já o armador anotou 40 pontos para ser o cestinha da equipe.

Jerami Grant e Gary Harris também tiveram uma contribuição importante, com 14 pontos cada.

Após dois quartos bastante equilibrados, em que os Clippers foram para o intervalo com vantagem de dois pontos (56 a 54), os Nuggets adotaram uma defesa bastante agressiva.

O time de Los Angeles sofreu para pontuar, anotando apenas 18 pontos no terceiro período e outros 15 no último.

No ataque, Murray e Jokic lideraram o Denver para um triunfo histórico.

A eliminação é um duro golpe para o Los Angeles Clippers.

Após montar uma equipe para brigar pelo título, com Kawhi Leonard e Paul George, e ter feito uma excelente campanha na temporada regular - segundo no Oeste -, o time do técnico Doc Rivers fraquejou nos playoffs, com suas principais figuras apáticas nos momentos decisivos.