Domingo, 11 de Abril de 2021

Estudantes da rede estadual devem solicitar rematrícula até dia 15

O governo promete divulgar até 30 de novembro resultado da matrícula de cada estudante e até 30 de dezembro a aprovação geral de 2020

Por Redação GuarulhosWeb

05 de Outubro de 2020 as 13:37

Durante coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira, 5/10, o governador João Doria divulgou o cronograma de rematrícula da rede estadual de ensino. Segundo a publicação, alunos que estudaram em uma escola pública devem manifestar - a partir desta terça-feira, 6 - interesse na continuidade até o próximo dia 15, enquanto novos estudantes podem realizar o cadastro até o dia 30.

Os pais e responsáveis devem fazer a manifestação no aplicativo Minha escola SP ou na Secretaria Escolar Digital (SED). Para este ano, podem ser selecionadas oportunidades adicionais, como escolas em tempo integral - com jornada ampliada - desde que haja opção próximo à residência do aluno.

Outras novidades são o 4º ano do ensino médio - opcional para quem pretende estudar mais um ano - e o Centro de Estudos de Línguas, disponível a partir do 7º ano do ensino fundamental. No ato da matrícula o Estado oferece as duas opções aos alunos.

Por fim, 400 escolas de São Paulo oferecem o ensino Novotec, ou seja, estudos atrelados a cursos profissionalizantes em parceria com o Instituto Paula Souza, voltado apenas para alunos do 9º ano do fundamental. O responsável deve consultar no site do Novotec se há instituições próximas à casa do estudante atendendo esse tipo de ensino, que oferece cursos de turmas de administração, informática para internet, logística, desenvolvimento de sistemas, marketing, serviços jurídicos, guia de turismo e contabilidade. Ao concluir o ensino médio, o aluno recebe também o certificado de conclusão da modalidade escolhida.

O governo promete divulgar até 30 de novembro resultado da matrícula de cada estudante e até 30 de dezembro a aprovação geral de 2020. Ou seja, se o aluno avançou de série. Está mantida para 7 de outubro o retorno opcional das aulas em cidades da fase amarela do Plano SP. Entretanto, Guarulhos não seguiu a recomendação e renovou o decreto que suspende as aulas das redes municipal, estadual e particular até 29 de outubro.