Quinta Feira, 22 de Abril de 2021

Especialista ouvida pelo GuarulhosWeb responde perguntas sobre cidadania europeia

Aline Fortuna tira dúvidas de brasileiros que desejam uma vida nova no Velho Continente

Por Redação GuarulhosWeb

18 de Novembro de 2020 as 10:22

Muitos brasileiros têm o sonho de viver na Europa em busca de um estilo de vida mais tranquilo, seguro e com estabilidade econômica. No entanto, a mudança não é simples por causa de vários aspectos.

Muitas pessoas acabam desistindo no meio do caminho porque o processo é longo e burocrático. Nestas horas, o auxílio de uma assessoria especializada é fundamental para que a transição seja feita da maneira mais assertiva possível.

Para ajudar os leitores do GuarulhosWeb que desejam se mudar para o Velho Continente, entrevistamos a advogada Aline Fortuna Augusto de Jesus, especialista em Direito de Trabalho e Direito Internacional, além de proprietária da assessoria Minha Cidadania Europeia (@minhacidadaniaeuropeia), empresa focada em auxiliar brasileiros que desejam construir uma vida nova na Europa.


Qual é o melhor país europeu para brasileiros?

Segundo Aline, não existe um país melhor ou pior para viver na Europa. Isso depende da intenção de cada pessoa. “Todos os países são estruturados e oferecem tudo o que os brasileiros desejam: segurança e a possibilidade de viver dignamente, já que o poder de compra possibilita uma vida tranquila, além de serviços acessíveis de escola e saúde”, avaliou a especialista.

A advogada, porém, destacou dos países: Portugal e Irlanda. “Em razão da facilidade da língua, muitos brasileiros optam por Portugal, mesmo porque é um país bem próximo aos nossos costumes e à nossa culinária. Para aqueles que desejam aprimorar o inglês ou mesmo permanecer na área da tecnologia, a Irlanda é um país bem procurado”, explicou.


Áreas econômicas prósperas

Aline se baseou o Relatório das Profissões Emergentes, divulgado pelo LinkedIn no último mês de dezembro, para mostrar o melhor caminho possível aos brasileiros no Velho Continente.

“O estudo apresenta uma lista com as carreiras mais promissoras em 17 países, englobando algumas das principais potências mundiais e destinos mais procurados. Não me surpreende que as profissões em maior crescimento estão relacionadas à Tecnologia da Informação”, ressaltou.

A advogada salientou que os brasileiros estão presentes em muitos países pelo mundo e, para decidir o que é melhor para a carreira profissional, é importante pesquisar o cenário no novo destino. “Seja na área que você já trabalha ou na que pretende atuar no futuro”, completou.


Como uma assessoria especializada pode auxiliar

Por fim, Aline argumentou que contar com o trabalho de uma assessoria pode ser algo fundamental no sucesso da mudança.

“Uma assessoria auxilia no processo de cidadania e também em procedimentos de validação de diplomas. Desta forma, o brasileiro conseguirá para exercer sua profissão no país escolhido. Além disso, a empresa também atua na obtenção do visto de estudo, de trabalho ou de investidor”, concluiu.