Sexta Feira, 23 de Abril de 2021

AVALIAÇÃO - Renegade Trailhawk turbodiesel AT9 4x4, tudo que se espera de um Jeep e um pouco mais

Por Ernesto Zanon - Fotos e imgens: Danilo Sanches

12 de Fevereiro de 2021

Que o Jeep Renegade caiu no gosto do consumidor brasileiro não há dúvidas. Lançado há cinco anos para rememorar a saga Jeep no Brasil, o SUV não encontrou dificuldades para agradar os mais diferentes tipos de públicos. Com versões mais básicas, equipadas com motor 1.8 flex, ganhou espaço entre aqueles que buscavam um utilitário esportivo de entrada, mais compacto. Mas, quando equipado com o motor turbodiesel 2.0, com tração 4x4, e transmissão automática de 9 velocidades, fez com que a marca Jeep falasse mais alto. Nesta avaliação, o suprassumo do Renegade. A versão Trailhawk oferece tudo e um pouco mais para aqueles que buscam no SUV excelente desempenho além do fora de estrada.  

Durante 10 dias, rodamos cerca de 500 quilômetros com o Renegade, metade em rodovias e a outra no trânsito urbano. O motor diesel de 2.0 litros, que oferece 170 cavalos de potência, fala alto, responde muito bem ao menor toque no pedal, garantindo o máximo no prazer ao dirigir. Numa rodovia, é acelerar e seguir adiante. Na cidade, o tamanho mais compacto permite encaixá-lo bem em vagas menores e demonstra extrema esperteza no anda e para de nosso complicado trânsito.  

O câmbio automático de 9 marchas dá show. As trocas são precisas, sem solavancos, com uma suavidade até estranha por se tratar de um carro tão robusto. Conta com tração 4x4, seletor de terrenos com 4 modos, que inclui até o HDC (sigla usada para o controle de descida), um item fundamental para encarar os terrenos mais difíceis.  


Oferece ainda central multimídia Uconnect, ar-condicionado dual zone, câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro e faróis de neblina. Além disso, traz pneus de uso misto, ganchos na dianteira e traseira e visual escurecido nas rodas de liga leve de 17” e na grade frontal. Tem ainda o teto solar panorâmico Command View de série.  


Confira no texto tudo o que a versão Trailhawk 2.0 Diesel oferece de série por cerca de R$ 170 mil, valor que dá para comprar o irmão maior Compass, mas com com motor flex.  

 


Jeep Renegade Trailhawk 2.0 Diesel  


airbags frontais, laterais, de cortina e para os joelhos do motorista,  


freios ABS com EBD, alarme,  


controle eletrônico de estabilidade,  


controle de tração,  


controle eletrônico anti capotamento,  


controle de estabilidade para trailer, 


encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, 


Isofix para fixação de cadeirinhas no banco traseiro, 


luzes de condução diurna, 


Panic Break Assist,  


assistente de partida em rampas,  


controle eletrônico de velocidade em descidas,  


protetor de assoalho, cárter, de tanque de combustível e de transmissão, 


freio a disco nas quatro rodas,  


freio de estacionamento eletrônico, 


direção elétrica,  


ar-condicionado automático digital de duas zonas, 


vidros elétricos nas quatro portas com one touch,  


travas elétricas nas portas e porta-malas,  


faróis com acendimento automático,  


volante com ajuste de altura e profundidade,  


apoia-braço central dianteiro com porta-objetos,  


banco do motorista ajustável em altura,  


banco traseiro bipartido e rebatível,  


banco do passageiro dianteiro rebatível,  


retrovisores externos elétricos,  


chave presencial,  


partida do motor por botão,  


piloto automático com limitador de velocidade,  


retrovisor interno eletrocrômico,  


porta-objetos sob o assento do banco do passageiro,  


porta-celular,  


volante revestido em couro,  


bolsa porta-objetos atrás do banco do motorista,  


bancos revestidos parcialmente em couro com costuras na cor vermelho rubi, 


alavanca de câmbio revestida em couro,  


faróis full LED,  


lanternas em LED,  


faróis e lanterna de neblina em LED,  


ganchos de reboque,  


iluminação do porta-malas,  


molduras do painel e console na cor vermelho rubi,  


preto e Metal Diamond,  


porta-malas com revestimento duplo,  


retrovisores externos com capa na cor cinza e repetidores de seta,  


rodas de liga-leve de 17 polegadas com pneus “super verdes” 215/60 de uso misto, 


 tapetes internos em borracha,  


rack de teto na cor preta, 


 adesivo no capô,  


sensor de chuva, 


sensor crepuscular,  


sensor de estacionamento traseiro, 


central multimídia com tela sensível ao toque de 8,4 polegadas, 


 Android Auto, Apple CarPlay, comandos de voz, Bluetooth e entrada USB,  


sistema de som com seis alto-falantes,  


suspensão off-road com altura elevada,  


tração 4×4 Jeep Active Drive Low,  


câmera de ré,  


computador de bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia e tempo de percurso),  


painel de instrumentos com tela colorida e configurável de sete polegadas, entre outros. 


 


Opcionais 


teto solar elétrico panorâmico “Command View"