Domingo, 18 de Abril de 2021

Doria recomenda que municípios adotem medidas mais restritivas

Guti fará reunião com prefeitos do Alto Tietê para definir ações em Guarulhos

Por Redação GuarulhosWeb

02 de Março de 2021 as 18:13

Em reunião na tarde desta terça-feira, 2/3, com a Associação Paulista de Municípios, o governador João Doria recomendou que os municípios adotem medidas mais restritivas no combate ao coronavírus. Doria ainda cogita colocar todo o Estado de volta à fase vermelha do Plano São Paulo.

Aos 617 prefeitos presentes, incluindo o de Guarulhos, Guti, o governador pediu o endurecimento das regras e deixou a decisão deles a possibilidade de restrições ainda mais sérias, como o lockdown (paralisação total). Ao deixar a transmissão com secretários estaduais, o chefe do executivo municipal se reunirá com os prefeitos do consórcio Condemat, que envolve a região do Alto Tietê, para discutir ações no município.

“A situação em São Paulo é grave, extremamente difícil. Eu diria que é alarmante neste momento”, afirmou o governador. “Estamos a 11 dias do colapso”, completou Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico.

No último mês, depois de avançar a Região Metropolitana à fase amarela do Plano São Paulo, o Estado recuou e reclassificou toda a Grande São Paulo, incluindo Guarulhos, na fase laranja. Entretanto, a medida do 'toque de restrição', deixando as regras menos flexíveis, sobretudo após as 23h, evidenciou a situação de risco. O número de leitos disponíveis em vista da quantidade de internações é a maior preocupação do governo neste momento.

As escolas estaduais, abertas recentemente, também podem ser novamente fechadas. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, uma ação cogitada por São Paulo é de atender presencialmente apenas os alunos mais vulneráveis, com deficiências ou dificuldades de aprendizagem. As instituições privadas, segundo o folhetim, teriam autonomia para continuarem abertas com 35% de presença dos estudantes.