Quinta Feira, 22 de Abril de 2021

União Química solicita à Anvisa autorização emergencial para a Sputnik V

Governo adquiriu 10 milhões de doses da vacina, produzida em Guarulhos

Por Redação GuarulhosWeb

26 de Março de 2021 as 17:00

A União Química e o Fundo Soberano da Rússia - RDIF, protocolaram formalmente na Anvisa, na madrugada desta sexta-feira, 26/3, um novo pedido de autorização temporária de uso emergencial da vacina Sputnik V, referente a 10 milhões de doses do imunizante contra a Covid-19, já adquiridos inclusive pelo Ministério da Saúde.

Apesar da empresa, com sede em Guarulhos, ter realizado um pedido de uso emergencial em 15 de janeiro de 2020, a farmacêutica oficializou essa madrugada um novo pedido de acordo com a nova Lei nº 14.124 aprovada pelo Congresso Nacional, que ratificou a autorização ao poder público para firmar contratos e instrumentos congêneres com dispensa de licitação.

Segundo a União Química, o novo pedido é 'composto de informações, dados e resultados de testes clínicos' e que 'este novo pedido de uso emergencial segue rigorosamente as orientações e regras regulatórias da Anvisa'.

A vacina Sputnik V já obteve a autorização de uso em 58 Países, com eficácia de 91,6% e ausência de reações adversas relevantes. A Anvisa deve responder ao pedido em até sete dias úteis.