Sexta Feira, 23 de Abril de 2021

SP não deve encerrar restrições no dia 11, estima coordenador do Centro de Contingência

Segundo Gabardo, como as taxas de ocupação de UTI ainda estão próximas a 90%, não faz sentido algum flexibilizar as regras de isolamento neste momento

Por Redação GuarulhosWeb

05 de Abril de 2021 as 10:22

O coordenador executivo do Centro de Contingência do Coronavírus, João Gabardo, afirmou em entrevista ao programa Bom Dia São Paulo da TV Globo que o Estado não se encontra em condições para sair da fase emergencial no próximo dia 11 de abril. A decisão sobre a possível flexibilização das normas de restrição deve sair até sexta-feira, quando o Centro de Contingência do Coronavírus anunciará as novas regras, a partir da próxima segunda-feira.  


Segundo Gabardo, como as taxas de ocupação de UTI ainda estão próximas a 90%, não faz sentido algum flexibilizar as regras de isolamento neste momento. Ele afirmou que não acredita que as taxas vão cair abaixo de 80% ao longo desta semana, já que o sistema de saúde em todo o Estado segue bastante pressionado.  


O coordenador disse que São Paulo não chegou a superar 100% de ocupação nas internações, mas que nos últimos dias vem percebendo uma ligeira queda na procurar por leitos. Segundo ele, isso ainda é insuficiente para ter o alívio necessário para que se pense em flexibilização. Porém, disse que a decisão final não é só dele e depende de outros fatores que serão levados em consideração pelo Centro de Contingência.