Água distribuída em Itu é imprópria para beber

Chico Siqueira, especial para a AE - 11/11/2014 21:51


Análises científicas feitas pela ONG Caminho das Águas e Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (Ceunsp) comprovaram que é imprópria para consumo humano a água coletada por moradores de Itu (SP) em bica de poço artesiano e reservatórios públicos espalhados por cinco pontos da cidade.

As amostras foram coletadas nos dias 29 de outubro e 4 de novembro em pontos públicos de distribuição, como as caixas de 20 mil litros distribuídas pela Defesa Civil e instaladas na Praça 14 Bis, Praça dos Exageros e Jardim Novo Itu. Também foram coletadas amostras da bica do poço artesiano do bairro Santa Terezinha e do sistema de distribuição por bolsões do Centro de Lazer 1° De Maio.

O relatório cita a diarreia, a esquistossomose, o cólera e os vermes intestinais como as doenças mais comuns causadas pelo consumo de água contaminada
Segundo o relatório, as doenças, no entanto, podem ser evitadas com o tratamento adequado da água antes do consumo.

Os resultados dos exames feitos no laboratório da Ceunsp revelaram que 100% das amostras coletadas em 29 de outubro apresentaram contaminação por coliformes totais (resultante de decomposição orgânica), coliformes fecais e bactérias resistentes à temperatura.

"O resultado preliminar desta pesquisa aponta índices de 100% de contaminação bacteriológica (...) sendo inapropriada para consumo humano sem nenhum tipo de tratamento prévio, tais como o processo de fervura ou desinfecção da água com hipoclorito de sódio", diz o estudo.

O relatório cita a diarreia, a esquistossomose, o cólera e os vermes intestinais como as doenças mais comuns causadas pelo consumo de água contaminada, mas que "podem ser evitadas com o tratamento adequado da água recolhida nestes pontos de distribuição emergencial antes do consumo".

O responsável pelo monitoramento, Carlos Diego de Souza Rodrigues, esclarece que a intenção "não é analisar a água distribuída à população pela concessionária Águas de Itu", mas sim de mostrar que a água distribuída emergencialmente nesses pontos públicos pode chegar contaminada às casas dos moradores e que eles devem fazer o tratamento da água.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

PF indiciou funcionários da Vale e da Tüv Süd por produção de documentos falsos

A Polícia Federal indiciou na noite da quinta-feira, 19, sete funcionários da Vale e seis da empresa de consultoria alemã Tüv Süd por falsidade...

20/09/2019 13:19
Gilmar Mendes é o relator de reclamação sigilosa de Flávio no caso Queiroz

Corre em segredo de Justiça, sob relatoria do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, uma reclamação do senador Flávio Bolsonaro...

20/09/2019 13:14
Grupo de parlamentares pressiona por vetos de Bolsonaro a projeto dos partidos

Um grupo formado por parlamentares de quatro partidos pretende pressionar o presidente Jair Bolsonaro a vetar a maior parte do projeto que flexibiliza...

20/09/2019 12:53

Últimas Notícias

Economia

Anistia de juros e multas é aprovada por contribuintes

Os munícipes já estão aproveitando os diversos descontos do Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) em juros e multas de...

20/09/2019 14:07

Cidades

Esap recebe inscrições para o curso Introdução à Gestão Pública

A Escola Municipal de Administração Pública de Guarulhos (Esap) recebe até o próximo dia 30 as...

20/09/2019 13:00

Cidades

Prazo de rematrícula dos alunos da rede estadual é prorrogado para 27 de setembro

Foi prorrogado para o dia 27 de setembro o prazo de rematrícula para os alunos da rede estadual de São Paulo. Os responsáveis que...

20/09/2019 12:00