Início » Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em alta, após Fed e novo plano de Biden

Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em alta, após Fed e novo plano de Biden

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira, 29, após o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) sinalizar que não tem pressa de começar a apertar sua política monetária e o anúncio de um novo plano de estímulos trilionário pelo presidente dos EUA, Joe Biden.

Na China continental, o índice acionário Xangai Composto subiu 0,52%, a 3.474,90 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,20%, a 2.305,65 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng se valorizou 0,80%, a 29.303,26 pontos.

Também no azul ficou o mercado australiano, o maior da Oceania, com alta de 0,25% do S&P ASX/200, a 7.082,30 pontos.

Por outro lado, o sul-coreano Kospi caiu 0,23% em Seul, a 3.174,07 pontos, após uma sessão volátil, e o Taiex ficou estável em Taiwan, em 17.566,66 pontos. Em Tóquio, não houve negócios hoje devido a um feriado no Japão.

O tom predominantemente positivo na Ásia veio após o Fed deixar sua política monetária inalterada ontem, como era amplamente esperado, e o presidente do BC americano, Jerome Powell, afirmar que ainda não é hora de começar a falar sobre a redução dos agressivos estímulos que foram adotados desde o ano passado, em reação aos efeitos da pandemia de covid-19.

Além disso, Biden anunciou um plano de US$ 1,8 trilhão voltado para as famílias dos EUA, em discurso feito no Congresso americano ontem à noite, após ter garantido a aprovação de um pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão no mês passado.

Comentar

Clique aqui para comentar