Estadão

Bolsas de NY fecham em queda, mas principais índices acumulam ganho anual

As bolsas de Nova York operaram com volatilidade neste pregão e fecharam em território negativo. No ano porém, o Dow Jones, Nasdaq e S&P 500 acumularam ganhos de 19%, 22% e 27%, respectivamente.

No fechamento de hoje, o Dow Jones caiu 0,16%, a 36.338,30 pontos, o Nasdaq cedeu 0,61%, a 15.644,97 pontos, e o S&P 500 teve baixa de 0,26%, a 4.766,18 pontos.

A negociação na última sexta-feira do ano é marcada pela baixa liquidez, enquanto investidores ajustam suas posições para 2022. Apesar da agenda fraca nesta semana, a expectativa para a divulgação da ata mais recente da reunião de decisão monetária do Federal Reserve (Fed) e do payroll dos Estados Unidos está no radar das mesas de operação para a próxima semana.

Ao longo deste ano, marcado pela retomada econômica, a recuperação teve reflexos em Wall Street. De acordo com o Dow Jones Market Data, o S&P 500 renovou seu recorde de fechamento 70 vezes neste ano – mais de um quarto de todos os pregões. Com avanço de 27%, o índice teve o maior ganho anual desde 1999 e contabiliza alta de dois dígitos pelo terceiro ano seguido.

Apesar do desempenho negativo nesta sessão, Microsoft (-0,88%), Tesla (-1,27%) e Apple (-0,35%) também estiveram nos holofotes em 2021. As ações das duas primeiras subiram mais de 50% neste ano, enquanto a Apple ganhou mais de 30%.

Em 2022, o impacto da pandemia sobre a economia – especialmente com a variante Ômicron – e o aperto monetário pelo Fed devem seguir no radar.

*Com informações Dow Jones Newswires.