Economia

Bolsas de NY sobem por otimismo com economia global

As bolsas dos EUA fecharam em alta nesta segunda-feira, 24, com os índices Dow Jones e S&P-500 em níveis recorde (o S&P pela 46ª vez no ano e o Dow pela 29ª vez). O mercado continua a mostrar otimismo depois de o banco central da China reduzir suas taxas de juro e de o Banco Central Europeu (BCE) sinalizar com novas medidas de estímulo à economia da zona do euro. O Dow foi pressionado pela queda das ações do setor de telecomunicações.

“A China está admitindo que sua taxa de crescimento está desacelerando, e os chineses estão fazendo o que podem para combater isso por meio de política monetária. A Europa, em minha opinião, está começando a enfrentar o que parece ser uma perspectiva razoavelmente certa de recessão, e o presidente do BCE, Mario Draghi, voltou a reagir a isso”, comentou Michael Farr, da Farr, Miller & Washington.

Os indicadores divulgados pela manhã nos EUA saíram mistos: o índice de atividade dos gerentes de compras para o setor de serviços dos EUA (versão Markit) ficou em 56,3 na pesquisa preliminar de novembro, de 57,1 em outubro. O PMI composto, que abrange indústria e serviços, recuou para 56,1, de 57,2. O índice de atividade empresarial do Fed de Dallas ficou em 10,5 em novembro, mesmo nível de outubro, mas o componente de produção industrial caiu a 6,0, de 13,7 no mês anterior. O índice de atividade industrial nacional do Fed de Chicago recuou para +0,14 em outubro, de +0,29 em setembro; o componente de produção caiu a -0,01, de +0,18, e o de emprego recuou a +0,16 em outubro, de +0,22 em setembro.

Traders observaram que o volume de negócios foi reduzido. Os mercados não abrem na quinta-feira, Dia de Ação de Graças nos EUA, e fecham mais cedo na sexta – que será a Sexta-feira Negra, a abertura da temporada de compras para as festas de fim de ano. O mercado estará atento aos informes de vendas das empresas do setor varejista.

“Ninguém vai assumir riscos antes disso. Os próximos dois dias serão muito leves”, disse David Seaburg, chefe de operações com ações da Cowen & Co.

Indicadores mais importantes sairão nos próximos dias: na terça-feira, a primeira revisão do PIB do terceiro trimestre; na quarta-feira, os dados de renda pessoal e gastos com consumo em outubro, as encomendas de bens duráveis em outubro e o índice de sentimento do consumidor da Universidade de Michigan.

As ações do setor de telecomunicações caíram, em reação ao rebaixamento da recomendação do Citigroup para a Verizon (as ações da Verizon caíram 1,41% e as da AT&T recuaram 1,64%; ambas são componentes do Dow). As ações da empresa de resseguros RenaissanceRe Holdings caíram 2,66%, depois de a empresa anunciar a compra da Platinum Underwriters Holdings (+21,09%). As ações da Apple subiram 1,85%, devido à expectativa de vendas fortes na Sexta-feira Negra.

O índice Dow Jones fechou em alta de 7,84 pontos (0,04%), em 17.817,90 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 41,92 pontos (0,89%), em 4.754,89 pontos. O S&P-500 fechou em alta de 5,91 pontos (0,29%), em 2.069,41 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentar

Clique aqui para comentar

Posso ajudar?