Início » Campanha ‘Vacina sim’ foca agora em imunização total
Estadão

Campanha ‘Vacina sim’ foca agora em imunização total

A partir de hoje, a campanha "Vacina Sim" entra em nova fase. O consórcio de veículos de imprensa (que inclui Estadão, TV Globo, G1, GloboNews, O Globo, Extra, Folha de S.Paulo e UOL), artistas, apresentadores e anônimos se unem para levar uma mensagem sobre a importância da imunização completa contra a covid, com duas doses e para toda a população.

A campanha, que começa a ser veiculada hoje, vai mostrar pessoas de diversas idades, classes sociais e estilos sendo tocadas por um sentimento de esperança graças ao avanço da vacinação no País. Além disso, os vídeos vão reforçar a importância da manutenção dos cuidados básicos contra a covid (como o uso de máscaras, higiene das mãos e distanciamento).

A ação conta com jovens atores como Rafael Vitti e Juan Paiva e nomes importantes da comunicação, como as apresentadoras Ana Maria Braga e Astrid Fontenelle.

Ana Maria, aliás, sentiu na própria pele a gravidade da doença e a efetividade das vacinas. "A vacina salvou a minha vida! Quando fui contaminada pelo coronavírus, acredito que se não tivesse tomado as duas doses teria ficado muito pior e poderia até não ter sobrevivido", afirmou. A apresentadora reforçou também a importância de ficarmos atentos aos cuidados contra a covid.

"O momento ainda é de atenção e, mesmo com o afrouxamento das regras sanitárias, insisto para que as pessoas tomem a vacina, continuem usando máscara, álcool em gel, mantendo o distanciamento, se puder ficar em casa, fique, porque o vírus tem variantes e a ciência corre para a busca da cura", completou a apresentadora.

A campanha "Vacina Sim" também conta com a participação de pessoas anônimas. É o caso do estudante Kauê dos Santos Vieira, de 21 anos, morador do bairro de Artur Alvim, localizado na zona leste da cidade de São Paulo. "Participar da campanha me deixou muito orgulhoso. Acho importante o recado que estamos dando em relação à covid", disse.

Vieira contou que a mãe dele é a principal referência em comportamento consciente contra o vírus. "Minha mãe (Liliane dos Santos Vieira) sempre pega no meu pé em relação ao álcool em gel, distanciamento e tudo mais. Com ela, aprendi tudo e repasso para os meus irmãos. Sou o mais velho de três", contou o rapaz.

Apesar de todos os cuidados, a mãe e o pai de Vieira chegaram a pegar covid. Por isso, a família inteira enfrentou uma quarentena. "A gente ficou 15 dias em casa. Meu pai chegou a ir para o hospital, mas ficou bem", contou. Infelizmente, Vieira perdeu um primo para a covid. "Senti o que é ter uma perda precoce. A covid afetou a vida de todos nós e do mundo inteiro. Mas vamos sair desta", completou. Vieira contou que tomou a segunda dose da vacina na última sexta-feira.

Além dos filmes na TV, os veículos do consórcio de mídia irão ativar em suas mídias impressas e digitais as mensagens da campanha "Vacina Sim", além de ações nas redes sociais. No total, serão mais de 70 marcas que vão reverberar a mensagem e aumentar o coro sobre a conscientização em relação à importância da vacinação para conter a pandemia. As informações são do jornal <b>O Estado de S. Paulo.</b>