Cidades

Curso de Administração do Eniac conquista três estrelas no Guia do Estudante

O curso estará no Guia Estudante Profissões Vestibular 2014, que chega às bancas em outubro

Pela terceira vez consecutiva, o curso de Administração da Faculdade Eniac foi estrelado na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante, da Editora Abril. O curso conquistou três estrelas e estará no Guia Estudante Profissões Vestibular 2014, que chega às bancas no próximo mês de outubro.

“O guia de cursos faz uma pesquisa independente e é muito importante que o nosso curso de Administração seja pela terceira vez consecutiva premiado. Nosso conceito no MEC sempre foi nota 4 de cinco possíveis e a acreditação do guia fortalece ainda mais nosso curso”, explica Ruy Guérios, mantenedor da Faculdade Eniac.

Segundo o professor, o curso de Administração do Eniac tem a totalidade das vagas preenchidas e é muito disputado no vestibular. “O curso contém foco prático, incluindo projetos reais nas áreas de apoio como gestão de RH, gestão de TI, logística, marketing, finanças e gerenciamento, integrando o aluno com atividades profissionais desde o início do curso”, explica Ruy Guérios.

Avaliação – Em sua 23ª edição, o Guia do Estudante (GE) mediu 11,9 mil graduações – de 27 mil cursos levantados – e apontou os melhores cursos do Brasil em diferentes áreas. Segundo o GE, é feita uma pesquisa de opinião, basicamente, com professores e coordenadores de curso, que emitem conceitos que permitem classificar os cursos em bons (3 estrelas), muito bons (4 estrelas) e excelentes (5 estrelas).

Uma vez identificados os cursos que serão avaliados, a redação do GE entra em contato com os respectivos coordenadores e solicita a eles o preenchimento de um questionário eletrônico, com informações específicas sobre o curso. O questionário é composto de 15 questões, com temas relativos ao corpo docente, produção científica e instalações físicas, entre outros.

As respostas do questionário não são pontuadas pelo GE para efeito da avaliação. Elas são disponibilizadas aos pareceristas para auxiliá-los no processo de avaliação. Segundo o GE, são cerca de quatro mil pareceristas – coordenadores de cursos, diretores de departamentos e professores, que dão as notas aos cursos: excelente (5), muito bom (4), bom (3), regular (2), ruim (1) e “prefiro não opinar”. Cada curso recebe notas de, no mínimo, seis pareceristas.

Cada parecerista avalia até 30 cursos, por meio de um link eletrônico e uma senha exclusiva. A distribuição dos cursos aos pareceristas é feita eletronicamente, por um banco de dados, e de forma aleatória. Cada consultor recebe os cursos da região onde leciona, sendo proibido de avaliar cursos da instituição onde trabalha. Cerca de 99% da avaliação é feita via internet. O restante é realizado por telefone.

As estrelas que cada curso recebe é resultado da média das notas recebidas pelos pareceristas. A fim de evitar distorções, são descartadas duas notas: a maior e a menor nota recebida por cada curso. É feita, então, uma média de 4 notas válidas. Desde 2008 os cursos só podem subir ou descer uma estrela a cada ano.

Todos os cursos que passaram pela avaliação obtêm um conceito, mas somente são divulgados aqueles que conquistaram três, quatro ou cinco estrelas.