Estadão

Depois de Montpellier, Marcelo Melo retoma parceria com Ivan Dodig em Roterdã

Após disputar o ATP 250 de Montpellier, na França, com o alemão Alexander Zverev, o brasileiro Marcelo Melo retoma na próxima semana a parceria com o croata Ivan Dodig. A dupla volta a jogar junta no ATP 500 de Roterdã, na Holanda, que será realizado a partir do dia 7, o segundo da gira de dois torneios indoor na Europa.

Na cidade francesa, nesta terça-feira, Melo e Zverev pararam logo na rodada de estreia. O israelense Jonathan Erlich e o francês Edouard Roger-Vasselin – cabeças de chave número 3 – marcaram 2 sets a 0 – com parciais de 6/3 e 6/4, após 1 hora e 6 minutos.

No início do jogo, Melo e Zverev tiveram chances de break logo no primeiro e, também, no terceiro game. Mas os adversários salvaram e quebraram no sexto game para abrir 4/2, mantendo a vantagem e vencendo por 6/3.

No segundo set, o israelense e o francês conseguiram o break no terceiro game, mas o brasileiro e o alemão devolveram em seguida, deixando tudo igual em 2 a 2. Só que com nova quebra, na sequência, Erlich e Roger-Vasselin passaram mais uma vez à frente, para fechar depois a série em 6/4 e avançar em Montpellier.

RIO OPEN – E novamente para adequar o calendário com Dodig, seu parceiro nesta temporada, Melo estará ao lado do uruguaio Pablo Cuevas no Rio Open, ATP 500 no Rio de Janeiro, entre os dias 14 e 20 deste mês. "Será uma oportunidade no Rio de formar parceria com o Cuevas, que é um excelente jogador de saibro. Ele está muito motivado com essa chance de estar no Rio Open. Estamos bem empolgados", afirmou o brasileiro.

Montpellier foi o quarto torneio da temporada 2022 para Melo. Ele começou o ano jogando na Austrália. Com Dodig, disputou dois ATP 250 em Adelaide (com final e semifinal) e, depois, o Aberto da Austrália, Grand Slam em Melbourne (segunda rodada).

No ranking mundial individual de duplas divulgado nesta segunda-feira pela ATP, Melo está em 25.º lugar, com 2.960 pontos. Dodig é o 13.º, com 5.115.