Economia

Distribuidores de aço reduzem compras em 5,3% em novembro, diz Inda

As compras dos distribuidores de aço brasileiro somaram 331,1 mil toneladas em novembro, queda de 5,3% na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo dados do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Ante outubro, as compras caíram 9,3%. O levantamento inclui chapas grossas, laminados a quente, laminados a frio, chapas zincadas e quentes, chapas eletro-galvanizadas, chapas pré-pintadas e galvalumes. No acumulado de janeiro a novembro, as compras da rede de distribuição somaram 3,897 milhões de toneladas, queda de 9,9% ante o mesmo intervalo de 2013.

As vendas dos distribuidores somaram 334,5 mil toneladas em novembro, queda de 14,6% ante o mesmo mês do ano anterior e recuo de 9,8% ante outubro de 2014. No acumulado do ano, as vendas foram de 4,008 milhões de toneladas, queda de 4,5% ante o mesmo período do ano anterior. Para dezembro, a entidade prevê queda de 20% em relação a novembro, tanto para compras, quanto para vendas.

Os estoques de novembro registraram queda 3,1% na relação anual, atingindo 1,04 milhão de toneladas. Na comparação com o mês imediatamente anterior houve um leve recuo de 0,3%. O giro de estoques subiu para 3,1 meses, segundo a entidade.

As importações encerraram novembro com alta de 26,9% ante o mesmo mês de 2013, com 130,3 mil toneladas. Ante outubro, houve queda de 12,1%. No acumulado do ano, as importações somaram 1,833 milhão de toneladas, alta de 19,5% ante o mesmo período do ano passado. Para 2015 o Inda prevê alta de 2% das vendas em relação a 2014, com 4,360 milhões de toneladas.