Início » Eleito melhor do Mundial, Lewandowski exalta 6º título do Bayern em um ano

Eleito melhor do Mundial, Lewandowski exalta 6º título do Bayern em um ano

Robert Lewandowski nem precisou brilhar na decisão do Mundial de Clubes para conquistar mais um título e um prêmio. O atacante polonês foi campeão do torneio organizado pela Fifa com a vitória do Bayern de Munique por 1 a 0 sobre o Tigres, nesta quinta-feira, no Catar. E acabou sendo eleito o melhor jogador da competição, à frente de Gignac, do time mexicano, e de Kimmich, seu companheiro de clube.

Mas importante do que isso, Lewandowski destacou o feito histórico alcançado pelo Bayern. O time conquistou seis títulos em um ano – os outros foram a Liga dos Campeões, o Campeonato Alemão, a Copa da Alemanha e as Supercopas da Europa e da Alemanha. Algo que deve ser bem mais valorizado do que a atuação sem brilho da equipe nesta quinta-feira.

"Temos os seis títulos agora. Esta é uma história especial. Estávamos desesperados para conquistar esse título. Agora podemos saborear isso no voo de volta", declarou o atacante polonês.

Lewandowski marcou os gols do Bayern na semifinal do Mundial, o triunfo por 2 a 0 sobre o Al Ahly. Nesta quinta, esteve diretamente envolvido em dois lances decisivos e com atuação do VAR na decisão. No primeiro tempo, a arbitragem anulou gol de Kimmich porque o polonês tentou tocar na bola e estava em posição de impedimento.

Já no segundo, o gol de Pavard só foi validado após o vídeo apontar que a posição do centroavante, que dividiu um cruzamento com o goleiro Guzmán, do Tigres, era legal.

Após o duelo, Lewandowski só lamentou a ausência de Müller, vetado da decisão horas antes por ter contraído o coronavírus. "É uma pena que não possa estar com a gente. Tomara que volte logo. São coisas que agora podem acontecer no futebol. Não é uma questão de aceitá-las, mas de nos adaptarmos para que possamos jogar no nosso melhor nível", disse.

Comentar

Clique aqui para comentar